Fórmula 1 GP do Bahrein

VÍDEO: Stroll compartilha trajetória de recuperação 'recorde' após acidente de bicicleta

Nas redes sociais, canadense mostrou como foi processo de reabilitação das após cirurgias e lesões

Lance Stroll, Aston Martin F1 Team

Lance Stroll usou as redes sociais, nesta segunda-feira, para compartilhar imagens da sua recuperação após o acidente sofrido enquanto praticava ciclismo, dias antes da pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein. 

Leia também:

No vídeo divulgado pelo piloto da Aston Martin, é possível ver imagens dos punhos quebrados assim como o dedo do pé, que também acabou sendo fraturado. Além disso, também há registros do canadense no processo pós-cirúrgico e toda a reabilitação feita, desde o início, para recuperar os movimentos. 

No post, Stroll ainda sana uma das principais dúvidas em relação ao ocorrido: a data. Havia uma certa dúvida sobre o dia exato do acontecimento, uma vez que a Aston só divulgou o ocorrido no dia 20 de fevereiro. Na legenda, ele revela que tudo aconteceu dois dias antes de vir à tona, 18/02.

Mesmo com uma recuperação praticamente em tempo recorde, Lance perdeu a pré-temporada no Bahrein dando lugar ao brasileiro Felipe Drugovich. A presença do canadense na estreia do calendário era uma dúvida visto a incerteza do grau das fraturas. Contudo, ele recebeu a liberação dos médicos da FIA e participou do fim de semana inaugural de 2023 conquistando um sexto lugar para a Aston Martin mesmo sentindo fortes dores.

A presença de Stroll no cockpit no último domingo 'contrariou' todas as expectativas, até mesmo dos responsáveis pela recuperação do piloto, que viam o retorno às pistas somente a partir da terceira corrida do ano, na Austrália. 

 

"Quero tirar um momento hoje para refletir sobre as últimas semanas e compartilhar minha história com vocês. No sábado, 18 de fevereiro, bati com a bicicleta enquanto treinava na Espanha. Os exames mostraram que tive uma fratura e deslocamento no punho direito, uma fratura no punho esquerdo, uma fratura parcial na mão esquerda e finalmente outra fratura no dedão do pé direito.

Com o início da temporada chegando, o momento não poderia ter sido pior. Minha equipe médica, a princípio, acreditou que eu não apenas perderia os testes, mas também as primeiras corridas. 48 horas após o meu acidente/12 dias antes da primeira corrida, o Dr. Javier Mir operou com sucesso o meu punho direito.

Após a cirurgia, o Dr. Mir me disse que eu voltaria para Jeddah se trabalhasse duro e, com um pouco de sorte, ele estava otimista de que eu poderia correr no Bahrein - mas essa era uma possibilidade remota. Até hoje estou convencido de que a urgência que o Dr. Mir mostrou para mim ajudou a me levar ao Bahrein.

O trabalho não foi feito. Infelizmente, o Dr. Mir explicou que as fraturas em minha mão/punho e dedo do pé esquerdo não eram adequadas para fixação e que eu precisaria contar com uma abordagem mais conservadora para curar minhas outras lesões.

Minha equipe médica garantiu que estávamos fazendo tudo e qualquer coisa que mostrasse alguma evidência de cicatrização óssea. Tornou-se o meu trabalho o tempo inteiro, tentando juntar tudo o que pudesse ajudar, mesmo que fosse em 0,5%. Inicialmente o progresso foi lento - precisava de muita ajuda mesmo nas tarefas diárias de casa.

Mas a cada dia ficava melhor e tornou-se possível que tivéssemos a chance de correr no Bahrein. Minha equipe médica desenvolveu um programa que me ajudaria a restaurar a mobilidade e a força em meus punhos.

A reabilitação exigiu muito trabalho e persistência - mas com uma equipe médica incrível e meus amigos e familiares me apoiando - consegui superar a dor e voltar à pista no Bahrein com minha equipe e outros pilotos.

E nós conseguimos!!!

Sou grato a todos que me apoiaram e enviaram mensagens gentis!"

Drive to Survive: erros e acertos da 5ª temporada da série da F1. Cadê Interlagos e Vettel?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: Ferrari renovada, Mercedes melhor e Red Bull bem? Que F1 teremos em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: "De que adianta um bom motor se ele quebra?", dispara Marko contra Ferrari
Próximo artigo Após Bernie afirmar que título de Hamilton na F1 2008 "foi roubado", Massa diz que entraria na justiça por causa do Crashgate

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil