Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
9 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
37 dias

Villeneuve diz que Leclerc "está tendo efeito negativo" na Ferrari

compartilhar
comentários
Villeneuve diz que Leclerc "está tendo efeito negativo" na Ferrari
Por:
2 de mai de 2019 11:34

Campeão mundial de Fórmula 1 pela Williams em 1997, canadense pondera que Sebastian Vettel se sente desconfortável com companheiro

Jacques Villeneuve diz que Charles Leclerc está "tendo um efeito negativo" na Ferrari, porque a equipe não estava pronta para administrar uma competição entre Sebastian Vettel e seu jovem e ambicioso novo piloto na Fórmula 1.

O ex-campeão mundial Villeneuve ressalta que Leclerc estava pronto para uma equipe de ponta depois de sua única temporada com a Sauber, mas diz que sua presença desequilibrou a Ferrari e deixou Vettel inquieto. Não à toa, o tetracampeão voltou a cometer erros (Veja a relação abaixo de todos os erros do alemão na galeria com imagens exclusivas).

Leia também:


"Se você ouvir qualquer fã, Leclerc não será criticado até o acidente de qualificação em Baku", disse Villeneuve ao Motorsport.com, referindo-se ao acidente do monegasco durante a classificação no Azerbaijão.

"Se tivesse sido Vettel, ele teria sido destruído pela mídia e por todos, pelo mesmo erro. Ultimamente eu acho que isso está tendo um efeito negativo para a equipe. A rodada de Seb no Bahrein veio por causa disso, assim como as ordens da equipe na China. E o acidente de Leclerc na qualificação também, querendo provar que ele é o número um da equipe. Em última análise, isso está prejudicando toda a equipe”, disse o canadense.

"Espero que se equilibre, porque eles deveriam ter sido perseguidos pela Mercedes e, em vez disso, eles conseguiram só três pódios, e é isso. Não teve efeito positivo na equipe, só isso", completou.

Villeneuve diz que, sabendo que estava em posição de lançar um forte desafio de título em 2019, a Ferrari deveria ter mantido a estabilidade com Kimi Raikkonen, garantindo assim que Vettel se sentisse confortável.

"Leclerc é rápido, ele está pronto", disse Villeneuve. "É a Ferrari que não está pronta para esse tipo de situação. Se você tomar a perspectiva de Leclerc, é ótimo estar lá este ano, para ele é incrível, e ele mostrou que é super rápido”.

Jacques Villeneuve, Sky Italia

Jacques Villeneuve, Sky Italia

Photo by: Simon Galloway / Sutton Images

"Mas se você pegar a Ferrari como um time, você tem que olhar para o passado de Vettel, e você precisa se lembrar de Ricciardo quando ele se juntou à Red Bull. Seb precisa saber que ele é amado pela equipe e pelos fãs”.

Villeneuve acredita que a equipe poderia ter mantido Raikkonen por mais um ano, apontando que a Mercedes optou pela estabilidade, mantendo Valtteri Bottas ao lado de Lewis Hamilton, quando Esteban Ocon era uma opção óbvia.

"Eles já tinham Leclerc no horizonte, então poderiam ter dado a ele um contrato para 2020 e 2021, e mantido Kimi por apenas um ano, porque este era o ano para lutar. Então todo mundo estaria feliz, porque você daria tempo para eles, e não desequilibraria as coisas”.

"Isso não quer dizer que Leclerc não é bom. Ele é incrível, super rápido, merece estar lá. Essa não é a questão. Mas a maneira como a Ferrari opera e o jeito de Seb. Ele precisa desse tipo de amor ao redor dele, e apenas não foi o movimento certo”.

"Veja o que eles fizeram na Mercedes, e vejam o quão forte está neste ano. Se eles tivessem colocado o Ocon lá, Lewis teria reagido do mesmo jeito - ele teria querido comê-lo vivo imediatamente e destruí-lo”.

"Mas há respeito com Bottas, e mesmo que ambos tenham duas vitórias, Lewis não parece estar chateado com isso. Esse não foi o caso com Nico Rosberg, por exemplo. Isso realmente permite que a equipe se apresente em um nível melhor que antes”.

Relembre numerosos erros de Vettel na Ferrari:

Galeria
Lista

GP do Azerbaijão, 2017

GP do Azerbaijão, 2017
1/9

Foto de: Sutton Motorsport Images

Em segundo logo atrás de Lewis Hamilton, Sebastian Vettel acabou acertando o britânico antes de uma relargada. Acreditando que Hamilton freou propositalmente, ele jogou seu carro na Mercedes. O alemão tomou um stop and go de 10 segundos e chegou apenas em quarto.

GP do México, 2017

GP do México, 2017
2/9

Foto de: Sutton Motorsport Images

Perdendo o primeiro lugar na saída, Vettel bateu em Hamilton após ser superado pelo britânico e por Max Verstappen. Ele quebrou sua asa dianteira e furou o pneu de Hamilton - o que não impediu o tetracampeonato de Lewis naquele dia.

GP do Azerbaijão, 2018

GP do Azerbaijão, 2018
3/9

Foto de: Sutton Motorsport Images

Depois de fazer a pole e liderar a maior parte da prova, Vettel perdeu a liderança devido a um pit stop em um Safety Car. Na relargada, ele arriscou passar o então líder, Valtteri Bottas, logo na primeira curva. Ele travou seus pneus e passou reto. Perdendo rendimento, Seb ainda foi ultrapassado por Hamilton, Raikkonen e Perez, terminando em quarto após o abandono de Bottas pelo estouro de um de seus pneus.

GP da França, 2018

GP da França, 2018
4/9

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Tentando superar Bottas na largada, o alemão encheu a traseira do finlandês na primeira curva, destruiu sua asa dianteira e teve que ir aos pits. Saindo em terceiro, ele chegou em quarto no dia de mais uma vitória de Hamilton.

GP da Alemanha, 2018

GP da Alemanha, 2018
5/9

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Com uma boa vantagem à frente, Vettel foi vítima de uma garoa que caia no circuito de Hockenheim, acabou errando e batendo. Com o Safety Car entrando na pista, Hamilton – que largara de 14º após um problema mecânico na classificação – viu Bottas e Kimi indo para os pits e ficou na pista. Ele assumiu a liderança e ganhou a prova.

GP da Itália, 2018

GP da Itália, 2018
6/9

Foto de: Manuel Goria / Motorsport Images

Após atacar Raikkonen sem sucesso na primeira chicane da corrida, Vettel foi acossado por Hamilton chegando para a segunda chicane. Por dentro, ele arriscou frear tarde para se defender, bateu no carro de Lewis e acabou rodando. O piloto, que tinha provavelmente o melhor conjunto para a pista de Monza, chegou apenas em quarto na vitória de Hamilton.

GP do Japão, 2018

GP do Japão, 2018
7/9

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Saindo de nono após um erro da Ferrari na classificação, Vettel arriscou uma ultrapassagem em Verstappen no início da corrida na curva Spoon, tocou com o holandês e rodou. Ele só pôde ser o sexto em mais uma vitória de Hamilton.

GP dos EUA, 2018

GP dos EUA, 2018
8/9

Foto de: Jerry Andre / Motorsport Images

Saindo de quinto, o alemão foi para cima de Daniel Ricciardo na primeira volta, arriscou em uma freada e novamente rodou. Depois de cair diversas posições, ele subiu para quarto evitando o título de Hamilton, que chegou em terceiro. Lewis foi o campeão da prova seguinte.

GP do Bahrein, 2019

GP do Bahrein, 2019
9/9

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Depois de superar o parceiro Leclerc na largada pela liderança, ele viu o monegasco dando o troco após algumas voltas. Em seguida, Sebastian começou seu duelo com Hamilton. Ele foi atacado pelo britânico depois de sua segunda parada. E tentando se manter à frente de Lewis, ele errou e acabou rodando. Ovalizando seus pneus, ele acabou perdendo a asa dianteira após voltar à pista. Vettel terminou em quinto.

Próximo artigo
Em Interlagos, Senna Day celebrou legado do tricampeão da F1

Artigo anterior

Em Interlagos, Senna Day celebrou legado do tricampeão da F1

Próximo artigo

Red Bull planeja pacote de atualização sutil para GP da Espanha

Red Bull planeja pacote de atualização sutil para GP da Espanha
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Ferrari Compre Agora
Autor Adam Cooper