“Vou ficar muito emocionado”, garante Massa em Interlagos

Em última corrida à frente de sua torcida, piloto da WIlliams fala de expectativa e promete dar seu melhor

“Vou ficar muito emocionado”, garante Massa em Interlagos
(L to R): Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 with Felipe Massa, Williams and Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 in the FIA Press Conference
Felipe Massa, Williams
Felipe Massa, Williams FW38
The FIA Press Conference (from back row (L to R)): Daniel Ricciardo, Red Bull Racing; Sebastian Vettel, Ferrari; Max Verstappen, Red Bull Racing; Charlie Whiting, FIA Delegate; Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1; Felipe Massa, Williams; Nico Rosberg, Mercedes AMG F1
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H follows Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams

Estreante na Fórmula 1 no ano de 2002, Felipe Massa fará sua última corrida no Brasil pela maior categoria do mundo neste domingo. Na pista onde conquistou duas de suas 11 vitórias, Felipe espera dizer um adeus à altura de tudo o que construiu em todos estes anos dentro do paddock da F1.

O piloto garantiu que dará seu máximo neste final de semana, mas vê alguma dificuldade no duelo com as equipes rivais.

“Obviamente eu quero o melhor”, falou nesta quinta-feira em Interlagos.

“Foi o que eu sempre tentei e vou continuar tentando até a última volta em Abu Dhabi. Esta é uma corrida importante, espero continuar fazendo um bom trabalho para curtir o máximo possível o final de semana todo.”

“Obviamente a torcida vai estar bem próxima e vai passar toda a energia. A última volta vai ser algo muito especial. Olhar para as arquibancadas andando devagar vai ser emocionante. Sem dúvida, eu vou ficar muito emocionado. Não sei se vou chorar, vamos ver na hora.”

Massa também falou da estrutura da pista de Interlagos, e disse ter gostado de ver o paddock finalizado neste ano.

“Acho que ficou bom (o paddock). No ano passado, ficou bem feio entregar algo pela metade”, disse.

“Neste ano eles acabaram. Achei que ficou bom. Ficou um paddock mais bonito e bem apresentado. É o que a gente espera do nosso país: que quando a gente vá fazer algo, que a gente chegue até o final. Assim é muito melhor.”

Má fase da Williams “ajudou” aposentadoria

Massa também revelou que o mau momento enfrentado pela equipe Williams, terceira nos dois últimos campeonatos de construtores e quinta no mundial deste ano, teve papel em sua decisão de parar de correr na F1.

“Ajudou, sem dúvida”, contou.

“Este anos foi uma luta. A gente caiu de performance. Sem dúvida está sendo uma temporada de luta em que nós estamos tentando uma melhor classificação no campeonato de construtores.“

compartilhar
comentários
Whiting: Vettel se desculpou o suficiente no México
Artigo anterior

Whiting: Vettel se desculpou o suficiente no México

Próximo artigo

Hamilton homenageia Senna em capacete para GP do Brasil

Hamilton homenageia Senna em capacete para GP do Brasil
Carregar comentários