Drugovich revela contato com equipes da F1 e vê mais chances como reserva

Brasileiro reafirmou meta de estar na F1, mesmo respeitando outras categorias, como Indy

Felipe Drugovich

Felipe Drugovich disse que está buscando um papel de piloto reserva na Fórmula 1 em 2023 e acredita que não estar em uma academia de pilotos o torna “completamente livre”.

O piloto da MP Motorsport atualmente lidera a classificação por 43 pontos sobre Theo Pourchaire, que é membro da academia júnior da Sauber.

Leia também:

Tendo disputado três temporadas na F2, Drugovich agora está olhando para seus próximos passos para 2023 e acredita que, com oportunidades “muito limitadas” para uma vaga na F1, uma vaga de reserva pode ser sua melhor aposta para subir para a categoria.

Embora muitas equipes de F1 tenham academias juniores para ter pilotos reserva, como Liam Lawson na Red Bull e AlphaTauri, algumas, incluindo a McLaren, não têm essa opção.

Embora sua falta de vínculos diretos com uma equipe de F1 possa ser vista como uma desvantagem, Drugovich acredita que isso lhe dá mais liberdade para buscar oportunidades.

Falando depois de terminar em segundo na corrida de Spa, ele disse: “Eu vejo meu futuro… Ainda não sei o que será, o que vou pilotar no ano que vem eu não sei.

“Pode acontecer como Nyck [de Vries], acho que chegar à F1 hoje em dia é muito, muito difícil e parece que as oportunidades para um assento principal no próximo ano são, obviamente, muito limitadas.

“Acho que ainda há potencial para um assento reserva em algum lugar, então precisamos tentar olhar para isso.

“Além disso, existem outras categorias que podemos correr.

“Mas, por enquanto, estou focado neste campeonato, tentando vencê-lo, e espero que esse resultado possa me levar à F1 algum dia. Não há nada para se preocupar agora.”

Drugovich acrescentou: “Acho que falando sobre a F1, para ser justo, obviamente, tentamos entrar em contato com todas as equipes que pudemos e ver o que elas dizem.

Felipe Drugovich, MP Motorsport on the podium

Felipe Drugovich, MP Motorsport on the podium

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

“Isso está mais para uma vaga reserva, não sei, temos que ver, mas precisamos continuar olhando e enquanto isso temos que fazer os resultados e isso é algo que pode me ajudar a conseguir uma vaga.

“Por outro lado, acho que não estamos olhando muito para a Indy, acho que estamos apenas tentando manter o foco na F1 – esse é meu sonho, meu objetivo, e estamos tentando entrar nisso antes de tudo.

“Obviamente, a Indy é uma ótima categoria, mas no momento estou totalmente focado na F1.”

Drugovich é um dos poucos pioneiros da F2 a não estar vinculado a uma equipe de F1, e disse anteriormente que a oportunidade nunca foi apresentada a ele.

Enquanto isso, Pourchaire é júnior da Sauber, Logan Sargeant, que ocupa o terceiro lugar na classificação, é membro da Williams Academy e participará do TL1 da equipe no GP dos Estados Unidos em outubro.

Jack Doohan, em terceiro, é membro da Alpine Academy ao lado de Olli Caldwell, sendo Frederik Vesti o único representante da Mercedes.

Lawson, Ayumu Iwasa, Dennis Hauger e Jehan Daruvala são todos membros da Red Bull Junior Team.

Drugovich disse: “Acho que me ajuda, a maioria dos lugares que talvez haja um assento disponível, seja um assento de reserva ou principal, acho que eles estão livres de pilotos juniores.

“Então eu acho que estar nesta posição é realmente muito bom para mim.

“Obviamente, também há as desvantagens de não estarmos sendo totalmente empurrados para essa posição, para conseguir um assento porque não estou vinculado, mas por outro lado estou completamente livre, então acho que é uma coisa boa.”

VÍDEO: DRUGOVICH admite que é “MUITO DIFÍCIL” entrar na F1 como piloto oficial e revela PARCERIA

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F2: Enzo Fittipaldi destaca ritmo forte no quali em Spa e projeta melhora para corrida na Holanda
Próximo artigo F2: Veja horários e como assistir etapa de Zandvoort

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil