Fórmula 1
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Corrida em
17 Horas
:
55 Minutos
:
14 Segundos
MotoGP
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado
IndyCar
20 set
-
22 set
Evento encerrado
NASCAR Cup
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento em andamento . . .
Stock Car Brasil
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
R
Goiânia II
22 nov
-
24 nov
Próximo evento em
5 dias

F2 2019 começa com Sette Câmara pressionado e expectativa sobre Mick Schumacher

compartilhar
comentários
F2 2019 começa com Sette Câmara pressionado e expectativa sobre Mick Schumacher
Por:
, Repórter
28 de mar de 2019 23:00

Brasileiro da DAMS precisa de boa temporada para cavar lugar na F1. Filho de Schumi é o centro das atenções e tem de corresponder pela Prema

No mesmo fim de semana em que a Fórmula 1 vai para seu segundo GP deste ano, a Fórmula 2 dá largada à temporada 2019 com bastante destaque no Bahrein. Motivo? A estreia do filho de Michael Schumacher na categoria, que levou jornalistas do mundo todo a se digladiarem por uma entrevista com o herdeiro do heptacampeão da F1. Soma-se a isso o fato de que Mick Schumacher pilotará a Ferrari e a Alfa Romeo nos testes da F1 na semana que vem e a agitação fica ainda maior. Mas não é só do jovem alemão que vive a F2. Pelo contrário: o campeonato promete uma disputa acirrada entre equipes e pilotos. E o brasileiro Sérgio Sette Câmara, da DAMS, faz parte da briga. Por isso, o Motorsport.com Brasil separou os cinco principais destaques da F2 em 2019.

Leia também:


1. Sette Câmara em busca do título

Sergio Sette Camara, DAMS

Sergio Sette Camara, DAMS

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Piloto de testes e desenvolvimento da McLaren na F1, o mineiro vai para seu terceiro ano na categoria de acesso à elite do automobilismo. E de casa nova: ele deixou a Carlin, campeã de construtores na última temporada, rumo à equipe DAMS. Depois de terminar o último campeonato em sexto, Sette Câmara chega pressionado em 2019. Mas o começo de sua trajetória na nova escuderia desperta otimismo, já que ele foi bem recebido e chegou a ser o mais rápido em um teste da pré-temporada. Ainda é cedo para projetar o desempenho da DAMS ao longo do ano, mas o piloto precisará de um ótimo 2019 para realizar o sonho de subir de categoria. Felipe Massa disse que o mineiro precisa ser campeão para chegar à F1, mas Sette Câmara contestou usando o próprio Massa como exemplo. De todo modo, o título certamente seria bem-vindo.

2. Mick Schumacher no centro das atenções

Mick Schumacher, PREMA RACING

Mick Schumacher, PREMA RACING

Photo by: Joe Portlock / LAT Images

O filho de Michael Schumacher tem causado alvoroço no Bahrein nos dias que antecedem as corridas da F1 e F2. Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva no circuito de Sakhir, Mick foi paparicado pelos repórteres como um 'pop star'. Também pudera: Schumacher fará sua estreia na categoria de acesso e, na semana que vem, pilotará Ferrari e Alfa Romeo nos testes coletivos da F1. Excitação à parte, o jovem de 20 anos garante estar focado nas duas provas da F2 neste momento. Mentalidade acertada, dada a forte concorrência que o membro da academia da Ferrari enfrentará. O lado bom para o piloto da Prema é que ele continua na equipe pela qual foi campeão da F3 europeia em 2018.

3. Briga acirrada entre equipes e pilotos

Nyck De Vries, ART GRAND PRIX

Nyck De Vries, ART GRAND PRIX

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Com a ida de George Russell, Lando Norris e Alexander Albon para a Fórmula 1 neste ano, a disputa pelo título promete ser ainda mais acirrada. Com isso, um novo nome desponta como forte candidato: Nyck de Vries. Pelo menos é o que pensa Norris, que foi para a McLaren. O desempenho do piloto da ART justifica o palpite. Ele foi o quarto colocado em 2018, atrás justamente dos três promovidos. Na pré-temporada 2019, fez o tempo mais rápido de todos os testes, cravando 1min27s024. Entretanto, o holandês terá de bater os próprios Sette Câmara e Mick Schumacher, além de outros valores como Luca Ghiotto, da Virtuosi, e Louis Delétraz, da Carlin. Assim, a disputa pode se desenhar entre pelo menos cinco equipes diferentes.

4. Largadas menos confusas

Artem Markelov, RUSSIAN TIME, Sergio Sette Camara, Carlin

Artem Markelov, RUSSIAN TIME, Sergio Sette Camara, Carlin

Photo by: FIA Formula 2

Um dos problemas da temporada 2018 da Fórmula 2 foram as largadas. Com a hipersensibilidade da embreagem, alguns pilotos tiveram problemas para dar o salto inicial dos monopostos. Em alguns casos, os carros simplesmente ficaram parados, causando alto risco de acidentes. O problema durou mais do que o esperado e algumas etapas tiveram largadas lançadas para evitar maiores transtornos. No GP da Húngria, a questão começou a ser solucionada, para alegria do ex-diretor de provas da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Falecido antes da abertura da F1 na Austrália, Charlie Whiting chegou a dizer naquela época que a F2 teve sorte de não ter batidas nas primeiras corridas. Pela memória do britânico, espera-se que o problema não assombre a temporada 2019.

5. Abertura no Bahrein e campeonato de 2019

Drivers pose for the class

Drivers pose for the class

Photo by: Joe Portlock / LAT Images

A temporada 2019 da Fórmula 2 terá 12 etapas. Assim como na estreia no Bahrein, as outras rodadas do campeonato terão duas corridas. A primeira é a principal e ocorre no sábado. A segunda, chamada de sprint, é mais curta e acontece no domingo. Nas sextas-feiras, há um treino livre e uma sessão classificatória, que define o grid para a prova 1. 

O pole position ganha 4 pontos e a pontuação da corrida principal é a mesma da F1. Na segunda disputa, o grid é definido da seguinte forma: os oito primeiros classificados são colocados na ordem inversa para a largada. E só os oito primeiros pontuam num sistema adaptado (15, 12, 10, 8, 6, 4, 2, 1). 

Os carros são iguais para todos e compostos da seguinte forma: chassi Dallara equipado com um motor V6 3.4 turbo de 620 cv da Mecachrome. O câmbio é semiautomático com seis marchas. Confira os horários da disputa deste fim de semana e o calendário da temporada 2019:

Horários - etapa Bahrein:

Sexta-feira, 29 de março
Treino Livre: 5h
Qualificação: 10h50
Sábado, 30 de março
Corrida 1: 7h10
Domingo, 31 de março
Corrida 2: 8h15

Calendário da temporada 2019:

1 Bahrein, Circuito Internacional do Bahrein, Sakhir: 30 março/31 março
2 Azerbaijão, Circuito de Baku, Baku: 27 abril/28 abril
3 Espanha, Circuito da Catalunha, Montmeló: 11 maio/12 maio
4 Mônaco, Circuito de Mônaco, Monte Carlo: 24 maio/25 maio
5 França, Circuito Paul Ricard, Le Castellet: 22 junho/23 junho
6 Áustria, Red Bull Ring, Spielberg: 29 junho/30 junho
7 Grã-Bretanha, Circuito de Silverstone, Silverstone: 13 julho/14 julho
8 Hungria, Hungaroring, Mogyoród: 3 agosto/4 agosto
9 Bélgica, Circuito Spa-Francorchamps, Stavelot: 31 agosto/1 setembro
10 Itália, Autódromo Nacional de Monza, Monza: 7 setembro/8 setembro
11 Rússia, Autódromo de Sochi, Sochi: 28 setembro/29 setembro
12 Emirados Árabes Unidos, Yas Marina Circuit, Abu Dhabi: 30 novembro/1 dezembro

Próximo artigo
Sette Câmara responde Massa e diz que pode chegar à F1 sem título grande

Artigo anterior

Sette Câmara responde Massa e diz que pode chegar à F1 sem título grande

Próximo artigo

Sette Câmara lidera primeiro treino da Fórmula 2 no Bahrein

Sette Câmara lidera primeiro treino da Fórmula 2 no Bahrein
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria FIA F2
Pilotos Mick Schumacher , Sergio Camara
Autor Carlos Costa