Minardi é eleito presidente da Comissão de Monopostos da FIA

Figura lendária da Fórmula 1 substitui ex-chefe da Force India, Bob Fernley

Minardi é eleito presidente da Comissão de Monopostos da FIA
Carregar reprodutor de áudio

Ex-proprietário de equipe da Fórmula 1, Giancarlo Minardi foi escolhido como o novo presidente da Comissão de Monopostos da FIA.

O italiano foi eleito por uma votação eletrônica pelos membros do Conselho Mundial de Automobilismo.

Leia também:

Ele substitui o ex-chefe da Force India, Bob Fernley, que conseguiu o cargo sob gestão de Jean Todt, em dezembro de 2020.

No entanto, após a eleição do novo presidente Mohammed Ben Sulayem, em dezembro do ano passado, Fernley não foi convidado a continuar, e o cargo ficou vago na lista das principais nomeações da FIA.

Fernley substituiu o atual CEO da F1, Stefano Domenicali, que teve que desistir de seu cargo na FIA depois de ser procurado para substituir Chase Carey. O italiano, por sua vez, sucedeu a Gerhard Berger.

Originalmente formada em 2010, a comissão supervisiona a escala de categorias abaixo da F1, com foco principal na F2, F3, F4 e Fórmula Regional.

Ao anunciar a nova nomeação, a FIA disse que “Minardi supervisionará uma Comissão de monopostos que tem sido fundamental na reformulação do portfólio de corridas júnior da FIA, ao mesmo tempo em que introduz tecnologias inovadoras e medidas de segurança aprimoradas nos últimos anos”.

Ben Sulayem acrescentou: “Saúdo calorosamente a eleição de Giancarlo Minardi como presidente da Comissão de Monopostos da FIA.

“Ele é uma figura importante no automobilismo. Estou ansioso para trabalhar com ele para desenvolver ainda mais a pirâmide dos monopostos pelo mundo.”

Minardi first entered F1 with single car for Pierluigi Martini in 1985

Minardi first entered F1 with single car for Pierluigi Martini in 1985

Photo by: Motorsport Images

Minardi ficou conhecido pela primeira vez como proprietário de uma equipe de F2 no início dos anos 1970, sob o nome de Everest.

Ele começou a construir seus próprios carros de F2 em 1980, antes de se mudar para a F1 em 1985, inicialmente com uma única entrada para Pierluigi Martini.

O nome Minardi permaneceu na F1 por duas décadas, com a equipe recentemente sob a propriedade de Paul Stoddart. Foi vendida para a Red Bull no verão de 2005 e tornou-se Scuderia Toro Rosso na temporada seguinte.

Minardi permaneceu envolvido no automobilismo em vários papéis. Ele se tornou presidente da Comissão Land Speed ​​Records do Automobile Club d'Italia em 2004 e, em 2020, foi escolhido como presidente da organização por trás de seu circuito local de Ímola, que no início daquele ano retornou ao calendário da F1 como anfitrião do GP da Emilia Romagna.

F1 E FIA DETONAM argumento de Verstappen sobre safety car “TARTARUGA” da Aston Martin

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #173: Qual tamanho dos problemas de Verstappen e Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F2: Enzo Fittipaldi conquista top 3 pela Charouz em testes de Barcelona
Artigo anterior

F2: Enzo Fittipaldi conquista top 3 pela Charouz em testes de Barcelona

Próximo artigo

F2: Enzo Fittipaldi corre em Ímola pela primeira vez com a Charouz

F2: Enzo Fittipaldi corre em Ímola pela primeira vez com a Charouz