F-E: Bird supera Evans nos metros finais e vence o ePrix de São Paulo; di Grassi é P13, Sette Câmara é desclassificado

Etapa brasileira novamente entregou emoção até o último metro

Sam Bird, NEOM McLaren Formula E Team, e-4ORCE 04

Sam Bagnall / Motorsport Images

Assim como em 2023, a Fórmula E entregou um ePrix de São Paulo repleto de emoção, disputas e incidentes. Em uma prova decidida nas últimas curvas, Sam Bird conquistou uma grande vitória para a McLaren ao ultrapassar Mitch Evans no final.

Leia também:

Oliver Rowland completou o pódio após ultrapassar Pascal Wehrlein e Jake Dennis nos últimos metros. António Félix da Costa, Jean-Éric Vergne, Stoffel Vandoorne, Max Günther e Sebastien Buemi fecharam a zona de pontos, enquanto Lucas di Grassi foi o 13º e Sérgio Sette Câmara foi desclassificado após a bandeira quadriculada por ultrapassar o limite permitido de energia.

 

Em uma largada bastante limpa, Wehrlein rapidamente disparou na frente antes mesmo da primeira curva, com Vandoorne mantendo a segunda posição. Já Da Costa e Di Grassi se viram ensanduichados entre outros carros, com o brasileiro terminando com danos na parte dianteira de seu Abt.

Rapidamente os pilotos iniciaram a ativação do modo ataque, disponível em três opções para esta corrida, com oito minutos de potência extra no total em duas ativações: 02min e 06min / 04min e 04min / 06min e 02min.

 

Devido à grande quantidade de detritos na pista devido aos vários pequenos incidentes, a direção de prova acionou o safety car na oitava volta, de um total de 31. Neste momento, Da Costa liderava à frente de Wehrlein, Bird e Evans, com Di Grassi em 12º e Sette Câmara em 20º.

A prova foi retomada logo na sequência, e a dupla da Porsche foi direto para o modo ataque, permitindo uma confusão na frente, com Evans saindo à frente de Bird, da Costa, Wehrlein e Vandoorne.

Com um bom ritmo durante o modo ataque, Dennis começou a avançar pelo grid, assumindo a liderança na volta 13. Tendo um minuto de potência extra restante quando chegou à ponta, o atual campeão tentou abrir vantagem, mas não conseguiu se afastar de Bird.

Quando a prova chegava à metade, um abandono que muda o campeonato. O líder Cassidy acabou acertando o muro e, com uma quebra de suspensão, não teve como continuar a corrida. Isso levou a mais um acionamento do SC, com Bird na liderança, à frente de Evans, Wehrlein, Dennis e Da Costa.

 

A bandeira verde foi retomada na 20ª volta. Enquanto Bird conseguiu sair tranquilo, Evans se viu pressionado por Wehrlein, que buscava a segunda posição para sair do campeonato na liderança.

Buscando se livrar de Wehrlein, Evans passou a atacar Bird pela liderança nas voltas finais, conseguindo no 28º giro, com o alemão ainda caindo para quarto, sendo ultrapassado por Dennis. A direção de prova confirmou na sequência o acréscimo de mais três voltas à prova pelos acionamentos do SC.

Em uma bela manobra nas últimas curvas, Sam Bird conseguiu ultrapassar Mitch Evans para conquistar a vitória com a McLaren. Em outra disputa incrível, Oliver Rowland, em quinto, conseguiu passar Pascal Wehrlein e Jake Dennis na reta para terminar em terceiro, com o alemão da Porsche em quarto e o atual campeão fechando o top 5. António Félix da Costa, Jean-Éric Vergne, Stoffel Vandoorne, Max Günther e Sebastien Buemi fecharam a zona de pontos, enquanto Lucas di Grassi foi o 13º.

A Fórmula E retoma as atividades da temporada 2024 no último fim de semana de março, com a primeira edição do ePrix de Tóquio, marcando a estreia da categoria no Japão.

                 
CLA PILOTO # VOLTAS TEMPO INTERVALO KM/H PONTOS
1 S. BirdMCLAREN 8 34

53'03.071

    25
2 M. EvansJAGUAR RACING 9 34

+0.564

53'03.635

0.564   18
3 O. RowlandNISSAN E.DAMS 22 34

+3.540

53'06.611

2.976   15
4 P. WehrleinPORSCHE TEAM 94 34

+3.629

53'06.700

0.089   15
5 J. DennisANDRETTI FORMULA E 1 34

+3.722

53'06.793

0.093   10
6 A. Felix da CostaPORSCHE TEAM 13 34

+5.567

53'08.638

1.845   8
7 J. VergneDS PENSKE 25 34

+6.006

53'09.077

0.439   6
8 S. VandoorneDS PENSKE 2 34

+6.817

53'09.888

0.811   4
9 M. GuntherMASERATI RACING 7 34

+8.085

53'11.156

1.268   2
10 S. BuemiVIRGIN RACING 16 34

+8.610

53'11.681

0.525   2
11 S. FenestrazNISSAN E.DAMS 23 34

+9.277

53'12.348

0.667    
12 E. MortaraMAHINDRA RACING 48 34

+9.762

53'12.833

0.485    
13 L. di GrassiABT CUPRA 11 34

+10.819

53'13.890

1.057    
14 N. de VriesMAHINDRA RACING 21 34

+13.677

53'16.748

2.858    
15 J. DaruvalaMASERATI RACING 18 34

+14.379

53'17.450

0.702    
16 D. TicktumERT FORMULA E TEAM 33 34

+17.884

53'20.955

0.373    
17 N. NatoANDRETTI FORMULA E 17 34

+18.889

53'21.960

1.005    
18 R. FrijnsVIRGIN RACING 4 34

+19.124

53'22.195

0.235    
dnf J. HughesMCLAREN 5 31

+3 Laps

49'27.979

3 Laps    
dnf N. MüllerABT CUPRA 51 25

+9 Laps

41'45.422

6 Laps    
dnf N. CassidyJAGUAR RACING 37 14

+20 Laps

22'38.676

11 Laps    

Quem MAIS ENTENDE do carro da RBR? Em meio a RUMORES, Rico Penteado DETALHA como funciona a equipe

Confira o episódio de estreia do PÓDIO CAST, o novo videocast sobre motociclismo!

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #273 - Quem está fazendo 'hora-extra' na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F-E: Wehrlein bate Vandoorne por 0s002 e fica com a pole do ePrix de São Paulo; Di Grassi é 15º e Sette Câmara 19º
Próximo artigo Cassidy mantém liderança apesar de abandono; confira a situação do Mundial de Fórmula E após o ePrix de São Paulo

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil