Fórmula 1
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado
Fórmula E
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
36 dias
NASCAR Cup
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado
Stock Car Brasil
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
22 nov
-
24 nov
Evento encerrado
MotoGP
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Derani ressalta “fome” de vitória em parceria com Nasr

compartilhar
comentários
Derani ressalta “fome” de vitória em parceria com Nasr
Por:
22 de dez de 2018 14:40

Brasileiro que estará na equipe Action Express no campeonato de 2019 também disse que trabalha para participar das 24 Horas de Le Mans

Pipo Derani está de casa nova no WeatherTech SportsCar Championship em 2019, o vitorioso time da Action Express. Durante todo o campeonato do IMSA ele terá o ex-piloto da Fórmula 1, Felipe Nasr, campeão da temporada 2018 logo em seu ano de estreia.

Após três anos com a ESM, com direito a triunfos nas 24 Horas de Daytona e nas 12 Horas de Sering, ele falou sobre as expectativas de estar em um novo ambiente.

“As expectativas são muito altas. Como piloto, é um sonho participar de uma equipe com um pessoal de calibre de campeão trabalhando nos bastidores. Para mim, tenho que dizer que a melhor oportunidade da minha carreira até agora foi me juntar a uma equipe que ganhou o campeonato de uma forma tão forte.”

“Para mim, é uma ótima oportunidade para se juntar a eles, se juntar ao Felipe (Nasr), que está pilotando muito bem e formar um time muito forte. Espero poder lutar do começo ao fim e ser um candidato ao título. Obviamente vencer um campeonato no IMSA é difícil, tudo muda a cada corrida, você não sabe quem vai ganhar, mas saber que tenho um time que conquistou o campeonato e as vitórias nos últimos anos é realmente uma grande oportunidade.”

Mesmo com as pessoas envolvidas no último campeonato e ganhando o reforço de Derani, o piloto brasileiro rechaça qualquer tipo de favoritismo.

“Não, eu não diria que somos favoritos, porque há alguns pares que estão juntos no um ano ou até mais. Depois de criar esse ambiente com um companheiro de equipe, você só fica melhor. Nasr e eu começaremos a trabalhar juntos no Roar (evento do campeonato antes das 24 Horas de Daytona), ainda teremos que passar por essa fase para nos conhecermos, aprender o que o outro quer do carro e tudo mais.”

“Mas estamos com muita fome e juntos podemos definitivamente nos tornar em um dos pares mais fortes do campeonato. Eu não contaria com a gente sendo o mais forte desde o início, mas estamos com muita fome de ser os dois melhores pilotos. Isso seria ótimo, honestamente.”

Com essas ponderações, sobre o entrosamento da dupla, Pipo explicou como e quando a parceria poderia começar a render frutos, dependendo apenas do talento de cada um.

“Isso realmente depende muito de como tudo começa. Às vezes você tem pilotos que têm exatamente o mesmo estilo e nenhum ego, e eu acho que isso é realmente importante, porque você faz o tempo muito mais curto para que isso aconteça.”

“Eu não acho que Felipe e eu teremos problemas, [apenas] um pouco de ajuste no começo e entender o que cada um de nós quer do carro. Mas ambos sabemos como lidar com a situação, não sendo novatos em corridas de endurance. Acho que no momento em que chegarmos à Daytona estaremos bem preparados e prontos para lutar.”

Um piloto com a “fome” e o calibre de Derani não ficaria apenas em um campeonato como o IMSA. O paulista revela que gostaria de tentar fazer novamente a prova mais importante do mundo do endurance em 2018.

“Estou realmente focado na Action Express e provavelmente terminarei a Asian Le Mans Series que comecei com outro time (Spirit of Race), não temos certeza sobre a próxima corrida na Tailândia mas definitivamente a última corrida [Sepang] eu estarei lá.”

“Além disso, estou trabalhando para correr em Le Mans, e nos últimos anos trabalhando para os programas de fábrica da Ford e da Ferrari foi ótimo, eu definitivamente tenho ambições de voltar.”

“Mas tenho grandes ambições de estar em Le Mans com uma equipe de fábrica, porque depois das corridas que ganhei nos EUA, Le Mans está em falta e quero mesmo conseguir isso um dia na minha carreira.“

Próximo artigo
ESPECIAL: A renovação mental de Felipe Nasr após período na F1

Artigo anterior

ESPECIAL: A renovação mental de Felipe Nasr após período na F1

Próximo artigo

Montoya prevê ritmo “insano” nas 24 Horas de Daytona

Montoya prevê ritmo “insano” nas 24 Horas de Daytona
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IMSA
Pilotos Felipe Nasr , Pipo Derani
Autor Jamie Klein