Fórmula 1
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado
Fórmula E
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
32 dias
NASCAR Cup
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado
Stock Car Brasil
22 nov
-
24 nov
Evento encerrado
13 dez
-
15 dez
Evento encerrado
MotoGP
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Marcos Gomes exalta trabalho “fantástico” de equipe em pole position

compartilhar
comentários
Marcos Gomes exalta trabalho “fantástico” de equipe em pole position
Por:
Co-autor: Erick Gabriel
25 de jan de 2019 12:48

Brasileiro conseguiu o melhor tempo na classificação para classe GTD das 24 Horas de Daytona

A equipe brasileira liderada por Marcos Gomes, que também conta com Victor Franzoni e Chico Longo, além do italiano Andrea Bertolini, conquistou a pole position para as 24 Horas de Daytona pela classe GT Daytona (GTD). O campeão da Stock Car de 2015 cravou 1min45s257 para ter a primazia de largar na melhor posição de sua categoria.

Falando após o feito, Gomes, que pode continuar nos Estados Unidos correndo pela NASCAR Truck Series em 2019, falou do sentimento de ter conseguido a melhor marca.

“Estou muito feliz com a pole, com certeza. Acho que fiz uma boa volta, sendo muito rápido no setor 1, o time fez um trabalho fantástico.”

“Estamos aqui com mecânicos brasileiros em uma equipe brasileira, é claro que a Ferrari está nos ajudando, e ficamos muito empolgados com a pole para o sábado.”

Marquinhos ressaltou as dificuldades da pista de Daytona, que conta com áreas extremamente rápidas de oval, com a lentidão do setor misto.

“Daytona é uma pista muito difícil, temos uma parte em oval rápido e depois com curvas travadas. A curva 1 é muito complicada de frear, o carro precisa de muita aderência na entrada, contornando em primeira, não é fácil para o carro. Os engenheiros da Ferrari fizeram um trabalho sensacional nesta tarde.”

A GTD é a classe mais lenta dentro do WeatherTech SportsCar Championship (IMSA) e isso se reflete nos tempos de volta. A marca de Gomes foi aproximadamente 12 segundos mais lenta que a do pole position dos protótipos, o que significa que a Ferrari #13 irá encontrar com boa parte do grid durante a prova. O brasileiro explicou os cuidados que terá para a corrida de 24 horas para não atrapalhar os ponteiros das outras categorias.

“Temos que ter um bom spotter, que nos ajudará a tomar cuidado. É a minha terceira vez correndo aqui em Daytona, tenho uma boa experiência, com 34 anos de idade, 25 de automobilismo. É uma corrida, é claro, estamos na classe GTD, que é uma classe mais lenta do que as outras. Temos que sempre olhar o retrovisor e ouvir os spotters”, salientou.

 

Próximo artigo
Nasr: Mazda e Acura são claramente mais rápidos que todos

Artigo anterior

Nasr: Mazda e Acura são claramente mais rápidos que todos

Próximo artigo

Alonso mostra preocupação com situação da Cadillac em Daytona

Alonso mostra preocupação com situação da Cadillac em Daytona
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IMSA
Pilotos Andrea Bertolini , Chico Longo , Marcos Gomes , Victor Franzoni
Equipes Ferrari Compre Agora
Autor Jamie Klein