Indy Toronto

Indy: Palou diz que não sabe como novela contratual será resolvida

Espanhol economizou nas palavras sobre maior polêmica da semana na Indy, quando fou anunciado pela Ganassi e McLaren no mesmo dia

Alex Palou, Chip Ganassi Racing Honda

Atual campeão da IndyCar, Alex Palou insiste que está “superfeliz e supercomprometido” em ganhar um segundo título com a Ganassi e admite que não sabe como a batalha contratual vai terminar.

Na terça-feira desta semana, a Chip Ganassi Racing divulgou um comunicado revelando que assumiu a opção de Palou para 2023, o espanhol assinou uma opção de dois anos mais um ano com a equipe após sua temporada de estreia na Dale Coyne Racing em 2020.

Leia também:

Horas depois, Palou chegou às redes sociais para refutar a afirmação de que permaneceria na Ganassi para 2023, e minutos depois a McLaren Racing revelou que havia contratado o espanhol de 25 anos para 2023.

Questionado pela mídia em Toronto para a etapa deste fim de semana, a mensagem repetida de Palou foi: “Não pretendo comentar sobre o status do meu contrato”, e quando perguntado por que ele pensaria em deixar um time com o qual venceu o 14º título de pilotos da IndyCar em 25 anos, ele acrescentou: “Não pretendo comentar sobre minhas intenções”.

Mais tarde, ele disse: “Eu entendo que isso é algo em que vocês estão super interessados, entendam completamente, eu faria o mesmo se estivesse em sua posição, mas não tenho mais nada a acrescentar ao que disse. Não vou contar mais sobre o que já disse.”

Palou disse ao IndyStar: “Ainda estou super feliz onde estou, ainda estamos super comprometidos em tentar vencer este campeonato como estamos desde a Corrida 1, e estou feliz com minha equipe, meus companheiros, com tudo. Então nada mudou: nem depois de dinheiro, nem depois de nada em particular. Apenas este campeonato que temos que tentar vencer.”

Questionado sobre como a situação será resolvida, Palou disse: “Honestamente? Nenhuma ideia! Quero dizer, eu nunca estive nessa posição, então não tenho ideia.

“Sei que Chip Ganassi, todos que estão ao meu redor e eu, somos todos profissionais, queremos a mesma coisa, que é vencer. É isso. Ponto."

No entanto, quando perguntado pelo Star se ele achava que tudo o que havia feito ao assinar com a McLaren estava acima dos limites, Palou disse: “Sim, tenho total confiança nas pessoas ao meu redor”.

Embora houvesse rumores de que Tony Kanaan poderia assumir o carro #10 pelo restante da temporada – um cenário que Kanaan disse ao Motorsport.com ser altamente improvável de ocorrer – Palou disse que, até onde ele sabe, não houve discussão sobre ele sendo derrubado pela equipe Ganassi. Dada a competitividade de Chip Ganassi e o fato de o #10 ser apoiado pelo patrocinador da categoria NTT Data, também era improvável. Depois de nove etapas, embora não tenha vencido até agora, Palou ocupa o quarto lugar no campeonato, a apenas 35 pontos da liderança atualmente ocupada pelo companheiro de equipe, Marcus Ericsson.

Palou disse que conversou com Ganassi desde o conflito na mídia social de terça-feira e que ambos permaneceram “profissionais”. Ele também disse que ele e a equipe #10 estão decididos a ganhar um segundo título consecutivo juntos. Perguntado pela NBC se ele ainda pode se concentrar em seu trabalho, ele respondeu: “Ah, 100%, claro, sim, por que não?

“Obviamente não é o ideal, especialmente para minha equipe que está ao meu redor. Mas para mim está tudo bem. Eu sou um guerreiro, isso não vai me parar. Se as pessoas pensam que isso vai me afetar na pista ou algo assim, elas não sabem quem eu sou.

“Está tudo bem, está tudo bem com a equipe também, todo mundo está nos apoiando. Temos um objetivo para esta temporada que é colocar o carro #10 na pista da vitória.”

Ele continuou: “Pessoalmente, eu não acho que isso vai me afetar. Obviamente eu tenho câmeras hoje, tenho mais perguntas para responder que tornam isso um pouco mais difícil do que o normal. Mas no final das contas, sou um piloto, é a única coisa que sei fazer, e isso não vai me afetar negativamente quando se trata de desempenho - talvez até o contrário, porque todos os olhos estão em mim e assim que eu estiver na pista, todo mundo vai procurar aquele #10.”

 

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #186 – Vitória da Ferrari na casa da Red Bull é marco para recuperação no campeonato?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Dia de caos no automobilismo norte-americano envolve não só Ricciardo, mas também Vettel e até Michael Jordan
Próximo artigo Indy: Herta é pole em Toronto; Palou, Power e Castroneves caem no Q1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil