Indy Indy 500

Wilson sofre fratura na vértebra e não corre Indy 500

Piloto levou a pior em acidente envolvendo Katherine Legge durante treino desta segunda-feira em Indianápolis

Stefan Wilson, Dreyer & Reinbold Racing Chevrolet, crash

As 500 Milhas de Indianápolis de Stefan Wilson parecem ter acabado depois que foi confirmado que ele sofreu uma fratura na vértebra durante seu acidente brutal no treino desta segunda-feira.

O carro de Wilson foi atingido por trás pelo de Katherine Legge depois que os carros à frente deles se acumularam na curva 1.

Leia também:

Ambos os carros rodaram e, posteriormente, bateram no muro em ângulos diferentes em alta velocidade. Enquanto Legge atingiu a parede de lado, permitindo que ela escapasse ilesa, Wilson atingiu o muro de frente.

Enquanto a equipe de resgate o atendia, eles imediatamente pediram um colete e uma maca antes que ele fosse retirado do carro em um procedimento cuidadosamente executado que durou mais de 10 minutos. Ele deu um sinal de positivo quando foi colocado na ambulância.

Wilson, de 33 anos, nascido em Sheffield, no Reino Unido, foi levado para o centro médico e depois transportado para um hospital local para exames de imagem avançados, onde a lesão foi diagnosticada.

Stefan Wilson, Dreyer & Reinbold Racing Chevrolet qualification photo

Stefan Wilson, Dreyer & Reinbold Racing Chevrolet qualification photo

Photo by: Geoffrey M. Miller / Motorsport Images

Uma declaração da Cusick Motorsports, que fez parceria com a Dreyer & Reinbold pela primeira vez este ano, dizia: “Depois de ser transportado para o IU Health Methodist Hospital para mais testes, foi detectado que Wilson sofreu uma fratura da 12ª vértebra torácica e passará a noite no hospital para mais exames e observação.

“Com base nesse tipo de lesão, Wilson não poderá competir na 107ª corrida das 500 milhas de Indianápolis neste domingo”.

 

A 12ª vértebra torácica (T12) suporta o maior peso dessa região da coluna e, embora seja o mais forte desses ossos, também é o mais suscetível a lesões relacionadas ao estresse.

Wilson se classificou para o que teria sido sua quinta largada na Indy 500 em 25º lugar. Não está claro quais passos Cusick e Dreyer & Reinbold tomarão a seguir, dizendo que "terá mais informações no devido tempo".

Graham Rahal é o único piloto que não conseguiu se classificar para a corrida em seu carro. Ele disse hoje cedo que não consideraria comprar uma vaga no grid para que ele pudesse participar.

Se a equipe fosse com um piloto diferente de Rahal, um teste especial de atualização provavelmente teria que ser organizado antes do Carb Day. Em 2015, James Hinchcliffe foi afastado após violento acidente na segunda-feira após a qualificação. Ryan Briscoe foi escolhido como seu substituto, e os oficiais organizaram uma sessão especial de uma hora para ele se acostumar com o carro na quinta-feira.

ANÁLISE: Qual o 'tamanho' do 2023 de Alonso?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Engenheiro ex-F1, Rico Penteado comenta cancelamento de Ímola e relembra calamidades:

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Indy 500: Power lidera e Tony é quinto em treino pós-quali; Wilson faz exames no hospital após acidente com Legge
Próximo artigo Rahal é anunciado como substituto de Wilson nas 500 Milhas; confira o grid de largada completo

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil