Fórmula 1 Fórmula E IndyCar
28 ago
Evento encerrado
12 set
Evento encerrado
NASCAR Cup
R
Talladega II
04 out
Próximo evento em
4 dias
Stock Car Brasil
R
Londrina II
11 set
Evento encerrado
16 out
Próximo evento em
16 dias
MotoGP
15 out
Próximo evento em
15 dias

Evans termina na frente de Jimenez e é campeão da temporada 2019-20 do Jaguar i-Pace eTrophy; Cacá vence prova

compartilhar
comentários
Evans termina na frente de Jimenez e é campeão da temporada 2019-20 do Jaguar i-Pace eTrophy; Cacá vence prova
Por:
, Repórter

Jimenez e Evans chegaram à última etapa separados por apenas três pontos; neozelandês terminou prova na frente do brasileiro

Hora da decisão! Sergio Jimenez e Simon Evans deixaram para a última corrida a disputa pelo segundo e último título do Jaguar i-Pace eTrophy. A prova aconteceu nesta quinta (13), sendo a sétima e última em Berlim. O título ficou com o neozelandês, que terminou a prova na frente do brasileiro, com um ponto a mais na classificação final do campeonato.

No treino classificatório, Cacá Bueno prevaleceu novamente, conquistando a quarta pole em Berlim e garantindo 100% de pole positions brasileiras na maratona de provas na capital alemã. 

Leia também:

Vencedor das últimas três provas, Evans largou na segunda posição, tentando reduzir a diferença de três pontos que tinha para Jimenez. O brasileiro, saiu na terceira posição.

Essa é a sétima etapa no aeroporto Tempelhof, e décima da temporada 2019/20. Nas duas últimas corridas, a categoria usa um traçado estendido da pista, com novas curvas no segundo setor.

Lembrando que a Jaguar anunciou em maio o fim da categoria após o final desta temporada devido ao impacto causado pela pandemia, chegando ao fim com apenas dois anos de existência.

Jimenez entrou na última prova com 151 pontos contra 148 de Evans. Cacá, que não correu nas duas primeiras etapas da temporada, se consolidou em terceiro lugar, com 90 pontos. Alice Powell, com 62, e Nick Foster, com 43, completavam o Top 5.

Em caso de empate na pontuação, Jimenez teria vantagem. Com quatro vitórias para cada um, os quatro segundos lugares do brasileiro fariam a diferença. Mas isso só aconteceria em duas situações: com terceiro lugar de Evans e quarto de Jimenez ou quarto do neozelandês e sexto do brasileiro.

Cacá conseguiu largar bem, segurando um primeiro avanço de Evans. Jimenez acabou ficando preso atrás dos dois e precisou fechar a porta para Foster, que avançou rapidamente nas primeiras curvas. Com isso, Foster caiu para sexto.

Com uma volta, Cacá abria 1s5 para Evans, enquanto o neozelandês era pressionado por Jimenez. Os dois basicamente estavam em uma disputa onde quem terminar na frente seria campeão. Poucos minutos depois, o Evans conseguiu abrir 1s para o brasileiro.

Jimenez foi o primeiro dos ponteiros a ativar o primeiro de dois modos ataques, com menos de cinco minutos de prova. Ele perdeu a posição para Alice Powell com isso, conseguindo retomar a terceira posição pouco depois. Quando retomou, estava a 2s6 do rival.

Próximo do final da potência extra de Jimenez, Evans ativou seu modo ataque, mas acabou fazendo uma trajetória estranha, deixando o brasileiro colar no rival. Mas o neozelandês conseguiu abrir uma boa vantagem, enquanto Cacá estava a mais de 2s na frente.

Evans conseguiu reduzir a diferença para cerca de 1s, enquanto abriu 3s2 para Jimenez.

Cacá ativou seu primeiro modo ataque com 13 minutos para o fim e perdeu provisoriamente o primeiro posto para Evans, retomando poucas curvas depois. Com pista livre, conseguiu abrir vantagem. Por outro lado, Jimenez não conseguia diminuir a vantagem, ficando em torno de 3s.

Com oito minutos para o fim, Evans se aproximou novamente, reduzindo a diferença para apenas 0s6. Já Jimenez já estava a quase 4s da disputa pela ponta.

Cacá foi o primeiro a ativar o segundo modo ataque, com 06min30s para o fim, enquanto Jimenez passou pela área de ativação na mesma volta, tentando recuperar terreno. Evans ativou o último modo ataque com três minutos para o fim, quando a potência extra dos brasileiros já havia acabado. Nesse momento, ele estava a 3s3 de Cacá.

No final, a vitória ficou com Cacá Bueno. Simon Evans conseguiu se manter em segundo lugar e garantiu o título da temporada 2019-20 do Jaguar i-Pace eTrophy com um ponto de diferença para Sergio Jimenez, que foi o terceiro da prova.

Na Pro Am, a vitória ficou com Adalberto Baptista, sua primeira na categoria. Com isso, o brasileiro conquistou o vice-campeonato da Pro Am, sendo que o título já havia sido conquistado por antecedência por Fahad Algosaibi.

TELEMETRIA: Os bastidores quentes do GP da Espanha com participação de Rico Penteado

PODCAST: O que aconteceria em um duelo Hamilton X Verstappen em igualdade de condições?

 

Jaguar: Cacá é pole na prova final em Berlim; na disputa pelo título, Evans é 2º e Jimenez 3º

Artigo anterior

Jaguar: Cacá é pole na prova final em Berlim; na disputa pelo título, Evans é 2º e Jimenez 3º

Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Jaguar I-Pace eTrophy
Autor Guilherme Longo