Em grande recuperação, Binder vence na despedida da Moto3

Campeão em 2016, Brad Binder faz prova de recuperação impressionante e vence na última participação na Moto3

Em grande recuperação, Binder vence na despedida da Moto3

Brad Binder provou, mais uma vez, que não é o campeão da Moto3 por acaso. Neste domingo (13), o sul-africano chegou a ocupar a 22ª posição, mas escalou o pelotão e venceu de forma impressionante o GP de Valência, prova final de Binder na categoria – em 2017, o piloto estará na Moto2.

Joan Mir esteve entre os líderes durante toda a prova, mas não foi capaz de bater Binder na última volta. No fim, o espanhol foi eleito o novato do ano na Moto3. Andrea Migno, que também esteve entre os ponteiros desde o início, completou o pódio.

A corrida

Aron Canet teve problemas assim que a volta de apresentação terminou e Hiroki Ono assumiu a ponta, mas Bastianini, que largou em nono, foi quem cruzou a linha de chegada na frente ao fim da primeira volta.

No segundo giro, Binder cometeu um erro e perdeu várias posições, caindo para 22º. Enquanto isso, Joan Mir assumia a liderança da prova. A 17 voltas do fim, o campeão de 2016 já estava a todo vapor a prova de recuperação, ocupando a 11ª posição.

Na frente, troca de líder: Mir teve de ceder a liderança para Andrea Migno por não ter respeitado um trecho de bandeira amarela. O italiano, porém, ficou apenas uma volta na frente, logo sendo superado pelo espanhol.

Binder seguia em uma recuperação impressionante e, a 13 voltas do final, o sul-africano já havia se juntado ao grupo dos líderes, a menos de dois segundos de Migno, que era o primeiro colocado. A nove giros do fim, o campeão de 2016 deixou Bastianini para trás e subiu para quarto.

Na abertura da volta seguinte, Binder deixou Fabio di Giannantonio para trás e chegou ao terceiro posto. Na frente, Mir superava Migno no fim da reta dos boxes e reassumia o primeiro lugar. A cinco voltas do fim, Binder deixou Migno na saudade e, faltando quatro voltas para a bandeira quadriculada, o campeão da Moto3 se colocava na liderança.

Uma volta depois, Binder cometeu um raro erro e caiu para quarto, cedendo a ponta para Mir e caindo para quarto. Com um erro de Bastianini, o sul-africano voltou para o segundo posto e tudo ficou para a definição na última volta.

Binder, entretanto, defendeu-se muito bem e conseguiu cruzar a linha de chegada em primeiro lugar e chegar a oitava vitória na temporada 2016. Mir foi o segundo e Migno completou o pódio. Com o quarto posto, Bastianini garantiu o vice-campeonato.

Confira o resultado final:

Pos. Pontos Num. Piloto Equipe Moto Tempo/Dif.
1 25 41 Brad BINDER Red Bull KTM Ajo KTM 40'13.777
2 20 36 Joan MIR Leopard Racing KTM 0.056
3 16 16 Andrea MIGNO SKY Racing Team VR46 KTM 0.081
4 13 33 Enea BASTIANINI Gresini Racing Moto3 Honda 0.147
5 11 4 Fabio DI GIANNANTONIO Gresini Racing Moto3 Honda 0.713
6 10 58 Juanfran GUEVARA RBA Racing Team KTM 0.899
7 9 84 Jakub KORNFEIL Drive M7 SIC Racing Team Honda 2.683
8 8 65 Philipp OETTL Schedl GP Racing KTM 3.145
9 7 9 Jorge NAVARRO Estrella Galicia 0,0 Honda 5.263
10 6 88 Jorge MARTIN Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra 7.921
11 5 31 Raul FERNANDEZ MH6 Team KTM 8.081
12 4 40 Darryn BINDER Platinum Bay Real Estate Mahindra 8.250
13 3 64 Bo BENDSNEYDER Red Bull KTM Ajo KTM 8.603
14 2 20 Fabio QUARTARARO Leopard Racing KTM 9.283
15 1 11 Livio LOI RW Racing GP BV Honda 9.358
16   23 Niccolò ANTONELLI Ongetta-Rivacold Honda 9.527
17   8 Nicolo BULEGA SKY Racing Team VR46 KTM 9.652
18   24 Tatsuki SUZUKI CIP-Unicom Starker Mahindra 9.950
19   44 Aron CANET Estrella Galicia 0,0 Honda 16.838
20   55 Andrea LOCATELLI Leopard Racing KTM 18.712
21   76 Hiroki ONO Honda Team Asia Honda 18.737
22   98 Karel HANIKA Freundenberg Racing Team KTM 18.976
23   63 Vicente PEREZ Peugeot MC Saxoprint Peugeot 19.039
24   12 Albert ARENAS Peugeot MC Saxoprint Peugeot 24.297
25   89 Khairul Idham PAWI Honda Team Asia Honda 24.526
26   95 Jules DANILO Ongetta-Rivacold Honda 25.331
27   7 Adam NORRODIN Drive M7 SIC Racing Team Honda 25.370
28   77 Lorenzo PETRARCA 3570 Team Italia Mahindra 48.829
29   26 Daniel SAEZ GA Competicion KTM 48.861
30   99 Enzo BOULOM CIP-Unicom Starker Mahindra 49.282
31   43 Stefano VALTULINI 3570 Team Italia Mahindra +1'12.409
Não completaram
    42 Marcos RAMIREZ Platinum Bay Real Estate Mahindra 17 voltas
    48 Lorenzo DALLA PORTA SKY Racing Team VR46 KTM 21 voltas
    19 Gabriel RODRIGO RBA Racing Team KTM 0 voltas
    21 Francesco BAGNAIA Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra 0 voltas
compartilhar
comentários
Canet bate Binder por 0s018 e garante primeira pole na Moto3
Artigo anterior

Canet bate Binder por 0s018 e garante primeira pole na Moto3

Próximo artigo

Em disputa acirrada, Mir abre no fim e vence em Losail

Em disputa acirrada, Mir abre no fim e vence em Losail
Carregar comentários