Chefe aposta em Rossi: “sabemos que no domingo ele estará na frente”

compartilhar
comentários
Chefe aposta em Rossi: “sabemos que no domingo ele estará na frente”
Por:
Co-autor: Oriol Puigdemont
4 de mar de 2019 13:36

Apesar de pré-temporada atrás de Viñales, Massimo Meregalli diz não ter dúvidas sobre potencial de piloto italiano

Diretor da Yamaha, Massimo Meregalli afirmou não estar preocupado com a exibição de Valentino Rossi nos testes do Catar e está convencido de que o italiano vai lutar na frente durante esta temporada da MotoGP.

Descrevendo o inverno como "muito positivo" para toda a equipe Yamaha, Meregalli disse ao Motorsport.com que espera que Rossi lute pela liderança junto com Viñales no Catar, apesar de não ter ficado à frente do espanhol no teste.

Leia também:

"Ele não tem sido tão rápido e não tem feito tempos de volta tão bons, mas eu não estou preocupado porque, considerando nossas experiências anteriores, sabemos que aos domingos na corrida ele estará na frente.”

"De qualquer forma, o feedback de Maverick sobre a moto é o mesmo que o de Vale, embora Vale tenha reclamado da falta de velocidade máxima. Esse é o ponto negativo da nossa moto."

"A Yamaha tenta sempre seguir as instruções de seus pilotos. Se Maverick estiver satisfeito com este pacote e Valentino preferir tomar outro caminho, a Yamaha tentará encontrar soluções para que Rossi se sinta confortável.”

"O feedback de Valentino sempre foi construtivo. Se tivéssemos que correr hoje, apostaria que ele estaria na frente."

A Yamaha passou por muitas mudanças neste inverno, com a marca Iwata trazendo um novo líder de projeto – Takahiro Sumi – e entregando mais responsabilidade à sua base europeia, em Lesmo, em relação ao desenvolvimento da M1.

Meregalli disse que a chegada de Sumi já teve um impacto positivo dentro do box da Yamaha.

"Quando ouvimos falar do novo líder do projeto, pensamos que nada mudaria em relação ao método de trabalho", admitiu o italiano.

"Mas, em vez disso, Sumi introduziu uma nova maneira de trabalhar, tanto na equipe quanto no Japão. Desde que chegou, a comunicação com os pilotos e técnicos melhorou.”

"Ao identificar e admitir os pontos fracos da nossa moto, ele analisou as informações e chegou à conclusão de que não precisávamos projetar uma nova moto, mas melhorar nossas áreas críticas para aproveitar ao máximo o potencial da M1.”

"Tudo o que ele sugeriu aos pilotos foi muito bem-vindo: melhorar nas curvas e permitir que acelerem mais cedo. Essa é a direção."

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
Lorenzo diz que está mais adaptado a Honda do que a Ducati em 2018

Artigo anterior

Lorenzo diz que está mais adaptado a Honda do que a Ducati em 2018

Próximo artigo

Hamilton é presença confirmada na abertura da MotoGP no Catar

Hamilton é presença confirmada na abertura da MotoGP no Catar
Carregar comentários