MotoGP
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
13 set
-
15 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Evento encerrado
04 out
-
06 out
Evento encerrado
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
4 dias
25 out
-
27 out
Próximo evento em
11 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
18 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
32 dias

Lorenzo diz que está mais adaptado a Honda do que a Ducati em 2018

compartilhar
comentários
Lorenzo diz que está mais adaptado a Honda do que a Ducati em 2018
Por:
1 de mar de 2019 13:09

Espanhol vê grande potencial de melhora na Honda após último treino de pré-temporada realizado

Jorge Lorenzo afirma que se sente mais à vontade com a moto da Honda do que com a Ducati há um ano, após um final encorajador para os testes de pré-temporada.

Lorenzo, que anteriormente admitiu que estava com problemas para encontrar uma posição confortável na RC213V, disse estar satisfeito com o "grande progresso" que fez durante todo o teste.

Leia também:

"Me sinto mais adaptado à Honda do que à Ducati neste momento no ano passado. Mas ainda tenho muito a fazer, especialmente em termos de ritmo de corrida", afirmou.

"No nível físico, estou pior do que no ano passado, mas na Argentina estarei melhor e na terceira corrida [Austin] estarei em 100%.”

"Quando começamos a trabalhar nos acertos, melhoramos a moto.”

"Segunda-feira já pudemos ser competitivos e estar muito próximos do piloto mais rápido. Estou muito satisfeito, isso mostra que temos potencial e, se continuarmos trabalhando, podemos ir muito alto.”

"Agora estamos muito mais perto, temos grande potencial e com certeza se continuarmos trabalhando assim com todo o potencial da Honda e eu vou entender mais a moto e, obviamente, ficar mais em forma."

"O positivo é que a progressão nestes três dias foi enorme. Nosso potencial é muito grande."

No domingo, Lorenzo admitiu que seu tempo de pista limitado a bordo da Honda e seu recente revés com lesões provavelmente farão suas primeiras corridas com a marca japonesa serem difíceis.

O espanhol sofreu sua primeira queda do teste na segunda-feira, acidente que ele disse ter "assustado", mas que não afetou seu pulso.

"Eu tive uma queda muito forte devido à baixa temperatura e umidade", explicou ele. "A queda me assustou muito porque eu estava andando bem forte”.

"Foi um erro fazer uma meia-simulação naquele momento. A frente fechou quando eu estava em linha reta, e comecei a cair protegendo a minha mão o melhor que pude."

Marc Márquez, que terminou em terceiro o teste no Catar, também falou sobre a performance de Lorenzo no último treino da pré-temporada.

"Ele fez uma volta muito boa, uma volta rápida que foi forte, mas no ritmo de corrida ele está muito longe no momento", disse Márquez. "Normalmente este é um circuito onde ele é rápido, combina bem com seu estilo de pilotagem”.

"Vamos ver, acho que ele fez um bom trabalho, mas é claro que ele precisa de tempo. Mas quando você está na Honda HRC, você deve estar na frente."

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Jorge Lorenzo, Repsol Honda Team

Jorge Lorenzo, Repsol Honda Team

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
MotoGP revela detalhes de novo tipo de penalização para 2019

Artigo anterior

MotoGP revela detalhes de novo tipo de penalização para 2019

Próximo artigo

Chefe aposta em Rossi: “sabemos que no domingo ele estará na frente”

Chefe aposta em Rossi: “sabemos que no domingo ele estará na frente”
Carregar comentários