MotoGP
R
GP do Catar
25 mar
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Próximo evento em
81 dias
R
GP das Américas
15 abr
Próximo evento em
88 dias
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
102 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
137 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
172 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
207 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
221 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
235 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
242 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
256 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
263 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
277 dias
R
GP da Malásia
28 out
Próximo evento em
284 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
298 dias

Dovizioso: "Não esperava desistir a dez voltas do final"

compartilhar
comentários
Dovizioso: "Não esperava desistir a dez voltas do final"
Por:

O italiano não conseguiu acompanhar Jorge Lorenzo e Marc Márquez e teve que se contentar com o terceiro lugar do GP da Áustria

Spielberg – Andrea Dovizioso tinha enviado um aviso na parte da manhã no warm up, mas a partir do primeiro momento da corrida ficou um passo atrás de Jorge Lorenzo e Marc Márquez. O italiano aguentou até que os dois espanhóis aumentaram o ritmo no último terço da corrida e Dovi teve que dizer “chega”.

"Eu queria ultrapassar o Jorge, mas não consegui porque o seu estilo de pilotagem o deixa em pé no meio da curva", afirmou Dovizioso.

Apesar do fato de ter optado por correr com pneus médios em ambas as rodas, Dovi apontou disse que o desgaste da roda traseira foi a razão para não conseguir acompanhar os ponteiros.

Leia também:

"O pneu dianteiro estava funcionando bem e é isso que me salvou. O problema é que o traseiro se desgastou de forma inesperada. Eu tive que desistir a dez voltas do final, o que eu não esperava", completou.

Com o terceiro lugar e a vitória do Lorenzo, o piloto da Ducati foi ultrapassado por seu companheiro de equipe na classificação e caiu para quarto lugar no campeonato, com 72 pontos atrás Márquez e a apenas um de Lorenzo.

"Marc sempre está na frente, por isso é difícil tirar pontos dele. Além disso, ele ou Honda melhoraram muito, não sei se um ou o outro. Este fim de semana foi muito difícil para os pilotos da Yamaha, mas não será fácil de ultrapassar Valentino porque nos domingos cresce."

"Este ano há situações um pouco diferentes. Somos rápidos em pistas onde nunca fomos rápidos, por isso me atrevo a dizer que seremos capazes de lutar pelo pódio em todas as corridas", concluiu.

Márquez: “Não se pode vencer todas as batalhas”

Artigo anterior

Márquez: “Não se pode vencer todas as batalhas”

Próximo artigo

Rossi admite que vice da MotoGP está ameaçado

Rossi admite que vice da MotoGP está ameaçado
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Áustria
Localização Red Bull Ring
Pilotos Andrea Dovizioso
Autor Oriol Puigdemont