MotoGP
25 mar
Próximo evento em
25 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed
R
GP das Américas
15 abr
Postponed
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
60 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
74 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
88 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
95 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
179 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
193 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
200 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
214 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
221 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
235 dias
28 out
Próximo evento em
242 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
256 dias

Ducati: O piloto que temos que temer é Márquez

Gigi Dall'Igna, chefe da Ducati, aponta Marc Márquez como o principal favorito ao título da MotoGP, apesar de não pensar que Jorge Lorenzo demore a se adaptar à Honda

compartilhar
comentários
Ducati: O piloto que temos que temer é Márquez

Gigi Dall'Igna, chefe da Ducati, foi um dos protagonistas na apresentação da Ducati realizada na sexta-feira, e que revelou pela primeira vez o desenho da nova Desmosedici.

Apesar de não querer dar muitos detalhes sobre os pontos fortes do novo protótipo, ele afirmou que a moto é melhor do que o modelo anterior em quase todas as partes, e que o motor que incorpora oferece mais potência.

Dall'Igna estava satisfeito com o trabalho realizado desde o ano passado, em que a Ducati ganhou sete vezes, mas com vista para 2019, não ousaria dar qualquer previsão para o Catar, palco da primeira corrida, dia 10 de março.

Apesar disso, ele não teve vergonha em reconhecer que a Honda possui o equipamento que mais teme, e que Márquez sai como favorito ao título.

Sobre Lorenzo, Dall'Igna acredita que o espanhol vai se adaptar à Honda de maneira mais rápida do que na Ducati.

"É mais fácil melhorar para aqueles que estão mais atrasados ​​do que para aqueles que já têm pouca margem", disse o executivo quando perguntado o que espera da competição. "Apesar disso, acho que a marca mais perigosa é a Honda e o piloto que devemos temer é Márquez", acrescentou.

"Conheço bem o Jorge e, como ele diz, ele é campeão. É por isso que teremos que estar atentos à sua adaptação. Estou convencido de que o período de adaptação será inferior ao quando estava na Ducati, mas ainda é muito cedo para tirar qualquer conclusão", disse Dall'Igna.

Na nova etapa em que a equipe entra, com Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci, o dirigente salientou a importância que pode ter a próxima temporada da MotoGP.

"Certamente esta é a grande oportunidade de Danilo. E quando uma oportunidade como esta se apresenta a você, você tem que colocar tudo ao seu lado para tirar vantagem disso. Nós vamos ajudar da maneira que pudermos", continuou Dall'Igna.

"Pelo que vejo e se considerarmos como foi no passado, as corridas que podemos ir bem são Le Mans e Mugello. Embora esteja claro que eu prefiro que ele me surpreenda e que faça muito melhor do que ele fez até agora", acrescentou.

Com dores, Lorenzo visita hospital e deve realizar mais exames

Artigo anterior

Com dores, Lorenzo visita hospital e deve realizar mais exames

Próximo artigo

Lorenzo fará cirurgia na mão esquerda após confirmação de fratura

Lorenzo fará cirurgia na mão esquerda após confirmação de fratura
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento Lançamento Ducati
Equipes Ducati Team
Autor Matteo Nugnes