GP da Hungria deve entrar no calendário de 2023 da MotoGP

Novo circuito será construído nas proximidades de Debrecen

GP da Hungria deve entrar no calendário de 2023 da MotoGP

A MotoGP fará escala na Hungria a partir da temporada de 2023, em um novo circuito que será construído nas proximidades da cidade de Debrecen.

Na última quinta-feira (04), o diretor executivo da Dorna Sports, Carmelo Ezpeleta, se encontrou em um evento que aconteceu em Budapeste com József Pacza, CEO da Kelet Kelet-Magyarország Versenypálya Kft, a fim de discutirem o regresso da categoria rainha da motovelocidade na Hungria.

Leia também:

O encontro contou ainda com a presença do Ministro da Inovação e Tecnologia da Hungria, László Palkovics, alguns funcionários do governo e o ex-piloto Gabor Talmácsi.

O futuro GP da Hungria acontecerá em um novo circuito nos arredores de Debrecen, no leste do país, cuja construção deverá começar ainda este ano. 

Não será a primeira vez que o país terá um polo dedicado à categoria, já que o circuito de Hungaroring, que recebe a Fórmula 1 desde 1986, foi palco das duas únicas corridas húngaras de MotoGP, em 1990 e 1992.

Questionado sobre a assinatura do contrato, Ezpeleta disse: "Este projeto está finalmente dando frutos e estou muito contente porque é um país que mantém uma grande paixão pela categoria."

“Estamos em contato com pessoas que estão neste projeto há bastante tempo. Já visitaram a região há dois anos. O que está acontecendo lá é muito especial (...) acho que este circuito será um dos melhores do mundo”, destacou.

Para o ex-piloto Talmácsi, a concretização do acordo com a Hungria foi um ponto alto.

"É um momento muito emocionante para mim, estou orgulhoso de estar aqui. Durante quase dez anos usei as cores da Hungria na MotoGP.”

“Estou aqui agora em posição completamente diferente, certamente como especialista em esporte a motor para o meu país, mas sempre tentei retribuir o que esta categoria me ofereceu.”

“Eu amo motos, adoro competições e nunca parei de seguir esta categoria, mesmo depois de me aposentar”, relatou.

“A localização deste futuro circuito também é muito importante. É preciso dizer que os países que fazem fronteira, a Eslováquia, a Ucrânia e a Romênia, estão bem próximos. Isso permitirá que os fãs compareçam, enquanto descobrem a região."

O Ministro da Inovação e Tecnologia destacou a importância do investimento realizado, além de comentar sobre os desdobramentos esperados. 

"Estamos muito gratos que a Dorna Sports aceitou a nossa oferta. Vamos construir um circuito totalmente novo, que se adapte à MotoGP. “

“Certamente é um grande investimento, mas vale a pena em termos de benefícios”, concluiu.

Williams APRESENTA carro NOVO, Bia REVELA ameaça de MORTE e BAND mostra DETALHES da cobertura da F1

PODCAST: Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

compartilhar
comentários
Fausto Macieira é anunciado como novo comentarista da ESPN/FOX Sports para MotoGP

Artigo anterior

Fausto Macieira é anunciado como novo comentarista da ESPN/FOX Sports para MotoGP

Próximo artigo

Suzuki revela moto que terá em 2021 para defesa do título da MotoGP

Suzuki revela moto que terá em 2021 para defesa do título da MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Fabien Gaillard