Honda segue Ducati e KTM e confirma permanência na MotoGP até 2026

Equipe da montadora japonesa lançará a moto da temporada 2021 em 22 de fevereiro

Honda segue Ducati e KTM e confirma permanência na MotoGP até 2026

A Honda confirmou na última sexta (05) que renovou com a Dorna Sports sua participação na MotoGP, garantindo sua presença no grid para a fase de 2022 a 2026. A montadora japonesa é uma das marcas mais tradicionais do esporte desde o seu retorno à categoria rainha em 1982. Desde então, já acumulou 20 títulos, sendo o último em 2019 com Marc Márquez.

No momento, a Honda possui quatro motos no grid da MotoGP, sendo duas RC213Vs na equipe oficial da montadora e outras duas com a equipe satélite, a LCR. Em 2021, ambas as motos da LCR serão oficiais de fábrica.

Leia também:

A renovação da Honda com a MotoGP, porém,. não surpreende, já que a expectativa é que as seis montadoras sigam na categoria no período de 2022 a 2026. A marca japonesa é a terceira a garantir sua permanência, após a KTM e a Ducati.

"Primeiro, quero expressar meu respeito e gratidão a Carmelo Ezpeleta e todos na Dorna Sports pelo trabalho árduo de organizar corridas durante a pandemia", disse o chefe de operações de moto da Honda, Noriaki Abe.

"Fico feliz em anunciar que renovamos nosso contrato para seguirmos competindo na MotoGP até 2026. A Honda compete no Mundial desde 1959 e venceu seu 800º GP no ano passado. A Honda vê a MotoGP como vital em nossas atividades no esporte a motor".

"A MotoGP é o pináculo das corridas de moto e nos permite desenvolver diversas tecnologias e, através da forte competição, ensinar nossos engenheiros, ajudando-os a melhorar. Com esses engenheiros trabalhando no desenvolvimento de veículos, a Honda cria produtos melhores para seus consumidores".

"Esse importante anúncio nos orgulha muito porque quando você pensa em corridas de moto, a Honda é um dos primeiros nomes que vem à mente", disse Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna Sports.

"A montadora japonesa é uma parte fundamental do passado, presente e futuro da MotoGP e essa renovação reforça, ainda mais, o compromisso entre as duas partes".

A Honda chega a 2021 com um piloto novo para correr ao lado de Márquez. Pol Espargaró foi contratado pela equipe oficial e ocupará a vaga de Álex Márquez, que irá para a LCR, onde correrá ao lado de Takaaki Nakagami.

A participação do hexacampeão no início da temporada 2021, que começará em 28 de março no Catar, segue como dúvida, já que ele ainda se recupera de uma terceira operação feita no braço direito, que sofreu uma fratura no GP da Espanha, em Jerez.

Seu irmão mais novo, Álex, acabou ocupando uma posição importante na equipe oficial em 2020. Após um começo de temporada irregular, enquanto se acostumava com a difícil RC213V, o espanhol brilhou no final da temporada, conquistando dois segundos lugares consecutivos na França e na primeira prova em Aragão.

A Honda lançará a moto de 2021 em 22 de fevereiro, em um evento virtual que contará com a presença de Marc Márquez e Espargaró. Já a LCR fará seu evento antes, no dia 19.

Apesar de Yamaha, Suzuki e Aprilia ainda não terem confirmado suas participações na MotoGP além deste ano, os acordos são esperados já nas próximas semanas. Entre as equipes independentes, apenas a LCR e a Gresini - que não será mais da Aprilia em 2022 - confirmaram que ficarão na MotoGP.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 na BAND? O que esperar da COBERTURA da categoria na possível VOLTA à emissora:

PODCAST: Bottas reagirá na Mercedes? Como compará-lo a Barrichello, Webber e cia?

 

compartilhar
comentários
VÍDEO: Pista argentina da MotoGP é palco de grande incêndio; veja

Artigo anterior

VÍDEO: Pista argentina da MotoGP é palco de grande incêndio; veja

Próximo artigo

MotoGP: Dovizioso fala sobre a possibilidade de substituir Márquez no começo da temporada

MotoGP: Dovizioso fala sobre a possibilidade de substituir Márquez no começo da temporada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Lewis Duncan