Lorenzo admite não estar preparado para vencer

Apenas em 11º na primeira corrida da temporada de 2017, espanhol diz que ainda precisa mudar estilo de pilotagem

Lorenzo admite não estar preparado para vencer
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team; Danilo Petrucci, Pramac Racing
Gabarrini, Jorge Lorenzo, Ducati Team
Carregar reprodutor de áudio

Jorge Lorenzo admitiu após o GP do Catar deste domingo que ainda está longe da boa forma na Ducati.

O espanhol disse que foi um início "decepcionante" e complicado por sua posição ruim no grid e as condições de pista, que foram afetadas por uma chuva anterior.

"O início foi muito bom, eu estava atrás (Dani) Pedrosa e Valentino (Rossi)", disse ele. "Provavelmente sem a saída de pista na quarta curva eu poderia estar mais na frente até o meio da corrida.”

"Com certeza eu não consegui manter o mesmo ritmo durante toda a corrida, porque quando o pneu traseiro começou a desgastar, não consegui ficar em 1min56s.”

"Mas no início eu tinha dificuldade para ficar em 1min56s. Eu estava em 1min58s, 1min57s, mas pouco a pouco com pneus mais quentes eu fui mais rápido.”

"Eu fiz cinco ou seis voltas neste tempo de volta, muito perto e quase mais rápido do que os caras da frente. Mas em muitos momentos da corrida eu estive muito lento para terminar mais perto.”

"As condições não ajudaram, mas para ser honesto eu ainda não estou preparado para lutar por algo grande."

Experiência de Dovizioso ajudou no pódio

Lorenzo marcou o 11º melhor tempo da corrida, 0s5 mais lento que o companheiro de equipe Andrea Dovizioso que conseguiu chegar ao segundo lugar na abertura da temporada.

O tricampeão da MotoGP disse que o fato de Dovizioso estar com a Ducati desde 2013 ajudou quando o pneu traseiro mais macio se desgastou.

"Ele começou algumas filas na minha frente, e isso com certeza ajudou", disse ele. "Ele não cometeu o mesmo erro que eu. Ele tem mais experiência, especialmente com pneus velhos.”

"Quando o pneu traseiro começa a cair, ele é capaz de andar muito mais, provavelmente usando mais o freio traseiro ou o aplicando de uma forma diferente."

A Ducati fará um teste particular em Jerez antes da próxima corrida do campeonato na Argentina no próximo mês, e Lorenzo diz que precisa mudar mais seu estilo de pilotagem.

"Acho que hoje fomos piores do que somos", disse ele. "Nós não somos tão ruins. Eu tentei fazer o melhor, mas às vezes o melhor é ruim.”

"Eu não fiz uma boa corrida por causa de alguns erros, algumas más sensações. Você sempre tenta fazer o melhor, e hoje o melhor me deu essa 11ª posição, a 20 segundos da vitória."

compartilhar
comentários
Rossi admite surpresa com pódio: "não teria apostado em mim"
Artigo anterior

Rossi admite surpresa com pódio: "não teria apostado em mim"

Próximo artigo

Zarco se defende após queda: “não é meu estilo ser louco”

Zarco se defende após queda: “não é meu estilo ser louco”