MotoGP
21 ago
Evento encerrado
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
Canceled
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP de Teruel
23 out
Próximo evento em
1 dia
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
15 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
22 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
29 dias

Mir ataca atitude de Viñales:"Ele colocou todos nós em perigo"

compartilhar
Mir ataca atitude de Viñales:"Ele colocou todos nós em perigo"
Por:

Piloto da Suzuki vê atitude de compatriota irresponsável ao ter problemas de freios no início do GP da Estíria e não parar

Joan Mir viu a sua vitória diminuir de chances no GP da Estíria da MotoGP devido à bandeira vermelha ocasionada pelo incidente de Maverick Viñales, e apontou o dedo para o espanhol por não parar depois de sofrer problemas nos freios já na quarta volta.

A 12 voltas do final, Mir estava na liderança com uma vantagem de quase 2.5 segundos sobre Takaaki Nakagami e parecia perto da primeira vitória na categoria rainha.

Leia também:

No entanto, a perseguição do espanhol ao degrau mais alto do pódio foi interrompida pela bandeira vermelha exibida quando Viñales se lançou de sua M1, sem freios, a 220 km/h em direção à área de escape da curva 1.

Os comissários decidiram inevitavelmente paralisar a corrida para permitir que o pessoal da pista removesse os destroços da Yamaha e restaurassem as barreiras, enquanto todos os pilotos foram forçados a voltar aos boxes.

No recomeço, porém, Mir não conseguiu ser incisivo como antes, terminando na quarta posição, atrás de Oliveira, Miller e Espargaró.

Mir não escondeu a decepção por um resultado definitivamente aquém das expectativas: “Não tenho muito o que falar. Uma pena. Hoje me senti bem e todo o final de semana foi perfeito. Hoje, porém, não foi o nosso dia e devemos aceitá-lo. Em todo o caso, temos que levar todas as coisas positivas, entender que tínhamos uma moto vencedora em nossas mãos e trabalhar muito para a próxima corrida.”

Joan continuou a desabafar: “Não gosto de ser chamado de vencedor moral. A vitória foi do Oliveira, mas hoje deixamos uma marca. Estamos onde queremos estar e a vitória virá mais cedo ou mais tarde. A equipe fez um ótimo trabalho e nós merecíamos vencer.”

Mir então apontou novamente o comportamento na pista de alguns rivais: “Durante todo o fim de semana eles teriam que punir vários pilotos. O Dovizioso me fechou no Q2 e no warm up fui prejudicado por outro piloto lento no meio da pista.”

“Na corrida, errei na primeira curva, mas felizmente desisti da posição voluntariamente. Não acho bom que os outros sejam penalizados.”

Por fim, Mir falou sobre o acidente ocorrido com Viñales, voltando a atenção para as pastilhas de freios maiores introduzidos pelo fornecedor e rejeitados pelo piloto da Yamaha.

“Adotei as pastilhas menores porque não tive problemas de frenagem durante todo o fim de semana, enquanto a Yamaha decidiu não mudar, apesar das dificuldades encontradas desde o início do fim de semana. Ouvi dizer que Maverick teve problemas a partir da quarta volta e este é um comportamento irresponsável porque pôs em perigo todos os outros pilotos.”

“Normalmente, quando alguém faz uma bandeira vermelha, é colocado sob investigação. Espero que haja uma investigação sobre o que aconteceu.”

Luiz Razia: a guerra nos bastidores e o sabor amargo de assinar, mas não correr na F1

PODCAST: O que resta para Massa no automobilismo após sair de equipe na F-E?

 

Dovizioso detona situação fora de controle da Michelin na MotoGP: "Eles não conseguem fazer compostos iguais"

Artigo anterior

Dovizioso detona situação fora de controle da Michelin na MotoGP: "Eles não conseguem fazer compostos iguais"

Próximo artigo

Márquez crava seu favorito na disputa pelo título da MotoGP: "Se Dovizioso for campeão, todo mundo ficaria feliz"

Márquez crava seu favorito na disputa pelo título da MotoGP: "Se Dovizioso for campeão, todo mundo ficaria feliz"

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Estíria
Sub-evento Corrida
Pilotos Maverick Viñales , Joan Mir
Equipes Suzuki Motorsport
Autor Germán Garcia Casanova