MotoGP
20 set
-
22 set
Evento encerrado
04 out
-
06 out
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

MotoGP: Brad Binder correrá pela KTM Tech 3 em 2020

compartilhar
comentários
MotoGP: Brad Binder correrá pela KTM Tech 3 em 2020
Por:
10 de jul de 2019 13:46

Membro do programa de pilotos da Red Bull e KTM será o segundo a seguir com as marcas da categoria junior até a principal

O piloto da Moto2, Brad Binder, subirá para a MotoGP em 2020 depois de assinar um contrato de um ano com a KTM Tech 3, equipe satélite da KTM, ao lado de Miguel Oliveira. Binder fez a sua estreia em 2011 na Moto3 depois de ter ganho uma corrida na Red Bull Rookies Cup, apoiada pela KTM, antes de conquistar o título da Moto3 com a marca austríaca em 2016.

Leia também:

Ele foi transferido para a Moto2 com a KTM na temporada seguinte, e venceu três corridas na categoria, terminando o ano em terceiro na classificação. Atualmente, O sul-africano está em oitavo no campeonato após dois pódios seguidos na Holanda e na Alemanha.

"É incrível ter essa oportunidade", disse Binder. "Quero mandar um enorme 'muito obrigado' à KTM, à Red Bull KTM Tech3, ao meu empresário e à minha família por me ajudarem a chegar à categoria principal".

"É uma sensação incrível e um sonho se tornado realidade. Quando você está crescendo, é isso que você quer - chegar à MotoGP com os melhores pilotos e melhores motos do mundo - é um sentimento muito louco. "

Binder torna-se o segundo piloto a ascender dentro da KTM, da Red Bull Rookies à MotoGP, depois do antigo companheiro de equipe na Moto2 Miguel Oliveira, que está em 18º na sua campanha de estreia na categoria principal, com 15 pontos.

O chefe da KTM, Pit Beirer, afirmou: "Assinar com Brad Binder para nosso projeto na MotoGP é um momento emocionante porque ele já está conosco há cinco anos e é um dos nossos campeões”.

"Temos uma história e conexão muito fortes e estamos muito felizes em dar o próximo passo", disse Beirer. "Está claro que temos um grande desafio à nossa frente. Nós também nos sentimos responsáveis por ele ser capaz de se manter nesse caminho que temos traçado juntos”.

"Também apreciamos o fato de que Brad tem este estilo de pilotagem próprio que lhe permite tirar o máximo de uma moto. Sentimos que ele 'se encaixa' conosco e mal podemos esperar para ver como ele lidará com uma moto de MotoGP".

"Tenho a certeza que ele pode nos acrescentar algo especial porque fez isso com todas as motos que guiou até ao momento e este será um ponto crucial não só para nós, mas para todos os fãs da MotoGP."

Binder substituirá Hafizh Syahrin na Tech 3, que está tendo uma temporada infrutífera na MotoGP, marcando pontos em apenas três ocasiões até o momento.

Os pilotos da equipe KTM de fábrica, Pol Espargaró e Johann Zarco, têm acordos que se prolongam por mais alguns anos, embora a má campanha de Zarco tenha levantado questões sobre a sua posição perante a equipe no futuro.

Veja o grid confirmado para a MotoGP em 2020 até agora:

Team Riders
Repsol Honda

 Marc Marquez

 Jorge Lorenzo

Monster Yamaha

 Valentino Rossi

 Maverick Vinales

Ducati

 Andrea Dovizioso

 Danilo Petrucci

Suzuki

 Alex Rins

 Joan Mir

Aprilia

 Aleix Espargaro

 Andrea Iannone

KTM

 Pol Espargaro

 Johann Zarco

LCR Honda

 Cal Crutchlow

TBA

Tech 3 KTM

 Miguel Oliveira

South Africa Brad Binder

Pramac Ducati

 Francesco Bagnaia

 Jack Miller

SIC Yamaha

TBA

TBA

Avintia Ducati

Czech Republic Karel Abraham

TBA

Próximo artigo
Em má fase, Rossi diz: "Só eu posso sentir o momento de parar"

Artigo anterior

Em má fase, Rossi diz: "Só eu posso sentir o momento de parar"

Próximo artigo

Diretor da Ducati acusa chefe da Honda de criar conflito na MotoGP

Diretor da Ducati acusa chefe da Honda de criar conflito na MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Brad Binder
Equipes Monster Yamaha Tech 3
Autor Lewis Duncan