MotoGP
02 ago
-
04 ago
Evento encerrado
09 ago
-
11 ago
Evento encerrado
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
13 set
-
15 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
TL1 em
16 Horas
:
04 Minutos
:
42 Segundos
R
GP da Tailândia
04 out
-
06 out
Próximo evento em
12 dias
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
26 dias
R
GP da Austrália
25 out
-
27 out
Próximo evento em
33 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
40 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
54 dias

Diretor da Ducati acusa chefe da Honda de criar conflito na MotoGP

compartilhar
comentários
Diretor da Ducati acusa chefe da Honda de criar conflito na MotoGP
Por:
15 de jul de 2019 13:47

Chefão da escuderia italiana diz que o comandante da montadora japonesa fez interpretações levianas

Diretor esportivo da Ducati, Paolo Ciabatti acusou o chefe da Honda, Alberto Puig, de criar um conflito entre as montadoras na atual temporada da MotoGP.

Ciabatti se referiu à entrevista dada pelo espanhol ao El Confidencial, em que o dirigente da Honda atacou o chefe da Ducati. À publicação, Puig criticou o italiano por supostamente dizer que a Honda só tem tido sucesso na categoria por causa da grande forma de Marc Márquez, pentacampeão da MotoGP.

Leia também:

Puig disse: "Acho que o Ciabatti deveria ver todas as corridas de 500cc e MotoGP que a Honda venceu, todos os títulos. O que está claro é que a Ducati, depois de todo o esforço - que é exaustivo e tem muito mérito - ganhou um único campeonato, com Casey Stoner em 2007. A Ducati fez um grande esforço nos últimos tempos, mas por enquanto eles não ganharam nada”.

Em resposta às declarações de Puig, Ciabatti disse o chefe da Honda distorceu as coisas para atacar a Ducati. O italiano, porém, reiterou sua convicção de que o recorde da Honda ficaria muito diferente sem Márquez. Segundo ele, a marca japonesa ainda estaria em busca de um primeiro título desde 2011 se Márquez não estivesse por lá.

"O que Puig faz é interpretar mal minhas declarações com a intenção de criar controvérsia", disse Ciabatti ao Motorsport.com. "Eu simplesmente notei um fato irrefutável, que é o papel desempenhado por Marc nas vitórias e campeonatos que a Honda acumulou desde que ele fez sua estreia no MotoGP em 2013”.

“Com o maior respeito pela Honda, os números teriam sido muito diferentes sem Márquez, apesar de eles terem dois grandes pilotos recentemente, como Dani Pedrosa e Cal Crutchlow”, completou Ciabatti.

Próximo artigo
MotoGP: Brad Binder correrá pela KTM Tech 3 em 2020

Artigo anterior

MotoGP: Brad Binder correrá pela KTM Tech 3 em 2020

Próximo artigo

Márquez diz que Quartararo ainda não sofre a pressão verdadeira da MotoGP

Márquez diz que Quartararo ainda não sofre a pressão verdadeira da MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Equipes Ducati Team Compre Agora , Repsol Honda Team
Autor Oriol Puigdemont