MotoGP: Viñales considera sair da Yamaha para assumir vaga na Aprilia em 2022

Pole e favorito à vitória no GP da Holanda, piloto espanhol possui contrato para 2022 com a equipe oficial da montadora japonesa

MotoGP: Viñales considera sair da Yamaha para assumir vaga na Aprilia em 2022

O mercado de pilotos da MotoGP para 2022 pode tomar uma decisão inesperada. Maverick Viñales está seriamente considerando quebrar seu contrato com a Yamaha no fim de 2021 para correr pela Aprilia no próximo ano.

O espanhol, que possui nove vitórias na MotoGP, possui um contrato com a Yamaha que vai até o fim de 2022, mas o relacionamento entre o piloto e a montadora atingiu um momento negativo nas últimas semanas.

Leia também:

Se Viñales vem dominando o fim de semana na Holanda, ele chega a Assen após seu pior final de semana na MotoGP na Alemanha, onde se classificou apenas em 21º enquanto seu companheiro de equipe, Fabio Quartararo, foi o terceiro.

Esse foi o ponto mais baixo de uma queda de rendimento de Viñales desde sua grande vitória no GP do Catar em março. Desde então, o espanhol não chegou nem perto do pódio nas corridas seguintes.

Após o problema na Alemanha, Viñales criticou duramente a Yamaha pelo que ele considera uma abordagem desrespeitosa da montadora com relação aos seus problemas.

O relacionamento entre Yamaha e Viñales também foi afetado após a equipe decidir trocar seu chefe, Esteban Garcia pelo ex-aliado de Valentino Rossi, Silvano Galbusera, no mês passado.

Garcia foi trazido à Yamaha por Viñales em 2019 após seu relacionamento com Ramón Forcada azedar, com Garcia sendo um amigo de longa data do espanhol, tendo trabalhado juntos na temporada do título da Moto3, em 2013.

Agora, parece que Viñales vê que seu tempo com a Yamaha chegou ao fim e busca encerrar seu contrato com um ano de antecedência.

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Segundo apurado pelo Motorsport.com, Viñales e a Yamaha buscam um encerramento amigável à parceria, mas nada foi confirmado ainda. Caso Viñales siga com sua saída, seu destino será a segunda vaga da Aprilia, mas segundo apurado, nada está assinado ainda.

A pole de Viñales em Assen foi feita, segundo o piloto, com a mesma moto usada no Sachsenring, com o espanhol afirmando que não fez nenhuma modificação durante o fim de semana do GP da Holanda.

Por enquanto, Viñales é o homem a ser batido em Assen neste domingo, com o espanhol em seu melhor fim de semana desde o Catar. Resta saber se uma vitória poderia mudar sua cabeça. Caso ele saia da Yamaha, a montadora buscará um substituto para a equipe oficial em 2022.

A opção lógica seria promover Franco Morbidelli da Petronas SRT para a equipe de fábrica. Neste caso, a equipe malaia terá que buscar dois novos pilotos para 2022, já que o contrato com Valentino Rossi acaba neste ano e a expectativa é de que o Doutor se aposente.

F1 AO VIVO: Verstappen 'VOA' para POLE e Hamilton SOFRE no quali do GP DA ESTÍRIA; veja análise | Q4

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: Rico Penteado é enfático sobre favorito na Áustria

 

compartilhar
comentários
MotoGP - Maverick Viñales usou a mesma moto da Alemanha para conseguir a pole na Holanda

Artigo anterior

MotoGP - Maverick Viñales usou a mesma moto da Alemanha para conseguir a pole na Holanda

Próximo artigo

MotoGP: Quartararo vence GP da Holanda com dobradinha da Yamaha; Márquez é sétimo após sair de 20º

MotoGP: Quartararo vence GP da Holanda com dobradinha da Yamaha; Márquez é sétimo após sair de 20º
Carregar comentários