Notícias do Motorsport.com

Público, pilotos favoritos e mais: MotoGP e Motorsport Network revelam principais descobertas da Pesquisa Global de Fãs

• Quase 110 mil fãs em 179 países responderam à Pesquisa Global de Fãs da MotoGP™, liderada pelo Motorsport Network e analisada pela Nielsen Sports • Os fãs da MotoGP™ compartilham uma opinião favorável sobre o estado atual do esporte, aprovando características "competitivas", "emocionantes" e "imprevisíveis" • O número de fãs mulheres cresce ao redor do mundo • Fabio Quartararo, Marc Márquez e Francesco Bagnaia foram os três mais votados como os favoritos dos fãs

MotoGP™ and Motorsport Network reveal key findings from largest ever Global Fan Survey

MotoGP™ and Motorsport Network reveal key findings from largest ever Global Fan Survey

Motorsport.com

Misano, Itália (01 de setembro de 2022) – A Dorna Sports S.L e o Motorsport Network divulgaram hoje as principais descobertas da Pesquisa Global de Fãs da MotoGP™ 2022. Lançada em junho, a pesquisa foi encomendada, realizada pelo Motorsport Network, e analisada pela Nielsen Sports, especialistas globais em informações, dados e medições. Conduzida em 14 idiomas nas plataformas do Motorsport.com e com feedback de 109.676 fãs em 179 países, é a maior pesquisa já conduzida sobre a MotoGP.

O resultado mostra que a MotoGP construiu uma base de fãs muito leal, com mais de 82% dos fãs acompanhando o esporte há mais de seis anos, a porcentagem mais alta entre todas as Pesquisas Globais de Fãs já realizada pelo Motorsport Network, com mais de 82% dos fãs assistindo mais de 15 corridas por temporada. Os fãs investiram um total de 27.300 horas respondendo esta pesquisa, com uma média de 15 minutos por pessoa.

Os dados mostram ainda que a MotoGP está atraindo mais fãs mulheres, sendo um terço destas acompanhando o esporte há menos de cinco anos. O público feminino também se mostrou bem mais jovem que o masculino, com 56% das mulheres entre 16 e 34 anos, contra 40% dos homens. Mas uma parcela significativa (66%) acredita que o esporte precisa atrair mais fãs.

Carmelo Ezpeleta, CEO daf Dorna Sports: “A Pesquisa Global de Fãs da MotoGP, realizada em parceria com o Motorsport Network, foi fiel ao seu nome, com mais de 109 mil fãs de 179 países investindo seu tempo. Não poderíamos estar mais orgulhosos dessa resposta, ou das várias respostas dadas. Temos uma base de fãs global e realmente apaixonada. Nós pedimos, e eles corresponderam.

Estamos orgulhosos por ver que os fãs são muito positivos sobre nossas corridas, apoiando iniciativas importantes que já estão a caminho, como o início de nossa nova era de combustíveis que neutralizam a emissão de carbono em 2027. Estamos felizes em ver tal interesse de demografias-chave, como o aumento e dedicação das nossas fãs mulheres. Pretendemos manter as portas abertas para o nosso esporte, junto com o programa Road to MotoGP™ e fora da pista, dando sequência à nossa missão de expandir o esporte em públicos e países pelo mundo.

Estamos especialmente felizes porque os resultados mostram um potencial claro, nos dando objetivos para definirmos os próximos passos para tornarmos o esporte ainda maior. Tudo que aprendemos será valioso nas decisões e direções para o futuro".

Itália, França, Reino Unido, Espanha e Estados Unidos lideraram as respostas. A audiência europeia formam 65% do total, com 19% da Ásia e 13% das Américas. A MotoGP possui uma audiência muito leal, especialmente na Europa e na Ásia-Pacífico, com mais de 65% dos fãs seguindo o esporte por mais de 10 anos ou 80% por seis ou mais.

O atual campeão, Fabio Quartararo, foi votado como o piloto mais popular da MotoGP, por 21,8% dos fãs. O francês ficou no top 3 de quase metade (49%) dos fãs, aumentando para 56% entre as mulheres. Seu apoio é maior entre o público feminino com idades entre 16 e 34 anos.

Marc Márquez é o segundo mais popular. Mesmo ficando no top 3 de apenas 32% de todas as respostas, uma boa parte o coloca direto na primeira posição. Globalmente, ele é o mais popular, ficando no topo em 19,8% das respostas. Assim como Quartararo, ele possui um forte apoio entre as fãs, sendo o mais presente na ponta entre 24-35 anos.

Já Francesco Bagnaia é o terceiro no ranking de popularidade, com Jack Miller em quarto. Bagnaia foi o favorito de 11% das respostas, sendo o mais popular na Itália. O que é notável em comparação a outras categorias é que na MotoGP os fãs são muito "esporte em primeiro lugar", com 75% apoiando mais equipes do que pilotos sozinhos.

A Yamaha e a Ducati foram as equipes mais votadas como favoritas pelos fãs, mas com uma margem de apenas 1,4% separando elas. A Honda foi a terceira mais popular e a mais escolhida entre as mulheres.

Os fãs ainda identificaram os cinco maiores atributos da marca MotoGP: emoção, competitividade, entretenimento, nível mundial e imprevisibilidade, com 94% dos fãs dizendo que o esporte entrega corridas emocionantes, 79% com as corridas mais emocionantes do mundo e 71% dizendo que possui tecnologia pioneira.

James Allen, Presidente do Motorsport Network: “A Pesquisa de Fãs da MotoGP nunca havia sido feita nesta escala antes, e foi fascinante trabalhar nesse projeto gigantesco, seguindo o alto sucesso  de pesquisas globais feitas recentemente para a Fórmula 1 e a Indy. A MotoGP é a principal categoria de corridas de moto no mundo e eu amo desde quando era criança, vendo Barry Sheene e Kenny Roberts brigando em Silverstone. A categoria tem muitos fundamentos fortes no lugar, com uma audiência dedicada que está crescendo entre fãs mulheres em territórios ao redor do mundo. Há claramente uma grande oportunidade para que o esporte chegue a novas audiências".

Outras descobertas importantes

Os fãs da MotoGP adoram assistir as corridas in loco, com mais de 40% tendo visto uma prova ao vivo nos últimos cinco anos. Impressionantes 24% dos fãs inclusive foram assistir corridas fora de seus países. Mais de 60% dos fãs consideram o GP da Itália em Mugello como fundamental ao calendário, sendo o melhor rankeado; Assen (48%) e Phillip Island (37%) também muito fortes. Fãs na Holanda são os mais ativos, com quase três quartos (73%) assistindo pelo menos uma corrida ao vivo nos últimos cinco anos. Quase três quartos (74%) dos fãs acreditam que a MotoGP precisa de mais de 19 corridas por temporada.

A pesquisa também analisou as plataformas de mídia e como os fãs consomem o esporte. Globalmente, mais de 82% dos fãs da MotoGP assiste pelo menos 15 corridas por ano com a TV liderando, com mais de 90% da preferência.

O uso do app oficial da MotoGP pelos fãs é alto, com 41% do uso pelo mundo, chegando a 57% das Américas. Fora do fim de semana de corrida, mídias sociais e sites dedicados ao esporte a motor são as plataformas mais usadas para informação. Em fins de semana de corrida, o Instagram é a plataforma mais usada, especialmente (+ de 75%) por fãs mulheres e aqueles com idade entre 16 e 24 anos.

Em termos do formato desportivo e possíveis mudanças futuras, fãs apoiam fortemente a introdução de regras de balanço de performance para montadoras menos competitivas (+ de 60%), particularmente entre os jovens (16 a 34). A introdução de combustíveis sustentáveis foi visto de forma positiva (+ de 46%). Sobre a duração das corridas, 85% dos fãs preferem provas que durem entre 40 minutos e 1 hora, com 70% preferindo entre 40 e 50 minutos, a duração atual de um GP.

Os resultados da pesquisa foram revelados no GP de San Marini e Riviera de Rimini em Misano.

Resultados Completos da Pesquisa:

Confira o resultado completo da pesquisa no PDF disponível no link a seguir: https://global-motogp-fan-survey-2022.motorsportnetwork.com/

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Aprilia confirma Oliveira e Fernández na RNF em 2023
Próximo artigo Marc Márquez tentará retorno à MotoGP no teste de Misano da próxima semana

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil