Rio articula retorno da MotoGP ao Brasil em 2022; categoria fará anúncio nas próximas horas

Maior categoria da motovelocidade poderá voltar ao Brasil em autódromo que ainda precisa ser construído no Rio de Janeiro

Rio articula retorno da MotoGP ao Brasil em 2022; categoria fará anúncio nas próximas horas

Segundo apurado pelo Motorsport.com, a MotoGP, maior categoria do motociclismo mundial e a Rio Motorpark, empresa criada para administrar o novo autódromo do Rio de Janeiro, farão anúncio nas próximas horas de que o Brasil voltará ao calendário na temporada de 2022.

O anúncio da novidade será feito pela Dorna nesta quinta-feira.

 

Leia também:

Anúncio como esse, no entanto, sempre chega com as devidas ponderações, ainda mais em um local em que a pista sequer existe. Para receber a prova, os organizadores, que também pleiteiam um lugar na F1 em 2021, precisarão acertar os pagamentos das taxas à Dorna, além de sair do papel.

Atualmente, o autódromo enfrenta problemas na esfera pública carioca. O projeto foi suspenso pela justiça por indícios de direcionamento e falta de estudo de impacto ambiental, com o prefeito Marcelo Crivella, pedindo que o projeto fosse analisado com urgência.

Nesta quarta-feira, o senador Flavio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, garantiu o retorno da F1 e também citou a MotoGP como categoria que fará parte do novo autódromo, além de convidar o público para uma 'carona virtual'.

 

 

Embora fontes ouvidas pelo Motorsport.com no ambiente da MotoGP informem que o anúncio em primeiro momento divulgue a intenção na realização da prova, chamou muita atenção o mistério feito pela própria categoria nesta semana sobre uma "grande notícia" que será dada nesta quinta-feira, deixando os fãs ansiosos.

No vídeo, divulgado hoje no perfil oficial da MotoGP, a mensagem é clara. "O calendário da MotoGP em 2022 crescerá para 22 provas. Em breve, divulgaremos qual será o primeiro país a receber o novo Grande Prêmio da MotoGP. Fiquem ligados no site motogp.com e em nossos canais oficiais para o grande lançamento que teremos em breve."

 

 

BRASIL JÁ RECEBEU A MOTOGP

Três locais já receberam provas da MotoGP no Brasil. De 1987 a 1989, Goiânia recebeu as principais motos e pilotos do mundo. Em 1992, foi a vez de Interlagos ser o palco. De 1996 a 2004, o extinto autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, fez parte do calendário.

Pela categoria principal, as 500cc, Valentino Rossi é o recordista de vitórias, com quatro triunfos. Mick Doohan tem dois êxitos e o japonês Makoto Tamada foi o último ganhador da etapa brasileira.

Confira imagens da MotoGP no Brasil

Rio de Janeiro Valentino Rossi, Honda
Rio de Janeiro Valentino Rossi, Honda
1/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Carlos Checa e Max Biaggi
Valentino Rossi, Carlos Checa e Max Biaggi
2/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
3/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
4/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
5/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
6/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Race winner Valentino Rossi, Honda
Race winner Valentino Rossi, Honda
7/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Repsol Honda Team
8/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Makoto Tamada, Max Biaggi e Nicky Hayden,
Makoto Tamada, Max Biaggi e Nicky Hayden,
9/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Nicky Hayden, Repsol Honda Team
Nicky Hayden, Repsol Honda Team
10/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Nicky Hayden, Repsol Honda Team
Nicky Hayden, Repsol Honda Team
11/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi cai
Valentino Rossi cai
12/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vencedore de 2004: Makoto Tamada
Vencedore de 2004: Makoto Tamada
13/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Goiânia Sito Pons, Campsa Honda
Goiânia Sito Pons, Campsa Honda
14/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Sito Pons, Campsa Honda
Sito Pons, Campsa Honda
15/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Sito Pons, Campsa Honda
Sito Pons, Campsa Honda
16/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Randy Mamola, Cagiva
Randy Mamola, Cagiva
17/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fiorenzo Fanali, Kel Carruthers, Giacomo Agostini, Eddie Lawson
Fiorenzo Fanali, Kel Carruthers, Giacomo Agostini, Eddie Lawson
18/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Eddie Lawson, Agostini Yamaha, Rob McElnea, Suzuki Pepsi Cola
Eddie Lawson, Agostini Yamaha, Rob McElnea, Suzuki Pepsi Cola
19/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Eddie Lawson, Agostini Yamaha
Eddie Lawson, Agostini Yamaha
20/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Eddie Lawson, Agostini Yamaha
Eddie Lawson, Agostini Yamaha
21/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

São Paulo (1992) Mick Doohan, Honda
São Paulo (1992) Mick Doohan, Honda
22/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
23/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
24/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mick Doohan, Honda and Dr. Claudio Costa
Mick Doohan, Honda and Dr. Claudio Costa
25/27

Foto de: Clinica Mobile

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
26/27

Foto de: Clinica Mobile

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
27/27

Foto de: Clinica Mobile

compartilhar
comentários
Veja dez números que mostram o 'tamanho' de Márquez na MotoGP
Artigo anterior

Veja dez números que mostram o 'tamanho' de Márquez na MotoGP

Próximo artigo

MotoGP confirma retorno ao Rio de Janeiro na temporada 2022

MotoGP confirma retorno ao Rio de Janeiro na temporada 2022
Carregar comentários