NASCAR utilizará cães farejadores que detectam presença de Covid-19 em Atlanta

Membros das equipes e da categoria serão analisados por unidades de cães especializados neste tipo de detecção

NASCAR utilizará cães farejadores que detectam presença de Covid-19 em Atlanta

A NASCAR planeja apresentar uma nova faceta ao processo de triagem da Covid-19 neste fim de semana, utilizando cães treinados para detectar o coronavírus entre as pessoas que trabalharão na corrida da Cup Series no domingo no Atlanta Motor Speedway.

O procedimento será implantado de maneira experimental. As equipes foram notificadas nesta terça-feira (16). É o desenvolvimento mais recente em um processo em evolução e que pode apresentar informações precisas e de baixo custo para os procedimentos existentes.

Leia também:

“Achamos que esses cães nos permitirão confirmar rapidamente que todas as pessoas que entram na área essencial no domingo - equipes, comissários, funcionários - todas essas pessoas estão com ou sem Covid”, disse Tom Bryant, diretor administrativo de operações da NASCAR. “A capacidade de fazer isso tem sido o problema de matemática que temos tentado resolver continuamente desde março do ano passado.”

A NASCAR trabalhará com o 360 K9 Group, que possui instalações de treinamento em Anniston, no Alabama, e em New Smyrna Beach, na Flórida. Duas equipes de cães farão a triagem do pessoal essencial, avaliando em menos de 30 segundos por pessoa se a Covid-19 está presente e, em seguida, alertando seus tratadores se a doença for detectada.

Depois de um alerta, esses indivíduos serão isolados e sujeitos a uma triagem secundária abrangente pelos médicos líderes da Equipe de Segurança da American Medical Response (AMR) para determinar seu status para a corrida de domingo. A unidade K9 não será usada para avaliar os pilotos ou o número limitado de fãs nas arquibancadas.

O 360 K9 Group acrescenta que estudos clínicos demonstraram que a mesma tecnologia de bio-detecção pode localizar a presença da Covid em humanos com uma taxa de precisão de 98%.

“Eles são incríveis”, disse Bryant. “Aprenderemos com o que fizermos no domingo e descobriremos as maneiras de melhor empregar essa capacidade no futuro para garantir que estamos mantendo as pessoas o mais segura possível, mantendo o mínimo de risco possível para o meio ambiente.”

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

ERRO BÁSICO da Mercedes e previsão de PÓDIOS da McLaren: Rico Penteado analisa pré-temporada da F1

PODCAST: Mercedes pode ter reinado derrubado após dificuldades vistas na pré-temporada?

 

compartilhar
comentários
Ricciardo quer guiar carro de ídolo da NASCAR caso consiga pódio pela McLaren

Artigo anterior

Ricciardo quer guiar carro de ídolo da NASCAR caso consiga pódio pela McLaren

Próximo artigo

NASCAR: Logano voa em acidente durante prova em Talladega

NASCAR: Logano voa em acidente durante prova em Talladega
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR Cup
Autor Redação Motorsport.com