Stock Car Brasil
18 out
-
20 out
Evento encerrado
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
22 nov
-
24 nov
Evento encerrado
13 dez
-
15 dez
Evento encerrado

Após hiato, Camilo comemora pole de “significado especial”

compartilhar
comentários
Após hiato, Camilo comemora pole de “significado especial”
Por:
6 de abr de 2019 19:29

Piloto da Ipiranga Racing conquista sua primeira pole position desde 2017 e dedica feito ao time: “o principal ponto foi o trabalho”

Depois de um 2018 para esquecer, sem conseguir ir a nenhum pódio durante toda a temporada, Thiago Camilo retornou aos lugares de destaque que estava acostumado na Stock Car com uma grande pole position neste sábado no Velopark, primeira etapa da temporada de 2019.

Perguntado pelo Motorsport.com sobre qual foi o ponto chave para o retorno ao primeiro lugar, Camilo exaltou a equipe.

Leia também:

“O principal ponto foi o trabalho de toda a equipe, porque tecnicamente é um fato que estávamos um pouco abaixo no ano passado”, falou.  

“Usamos todos os dados que tínhamos. Mas o determinante foi ter feito uma boa volta no Q2 logo no começo e ter ficado na pista, diferente dos outros carros. O time até me chamou para os pits porque a pista estava mais molhada.”

“Eu neguei e falei que queria ficar na pista, porque no Q3 é uma volta só e vou saber a condição que vou encontrar pela frente. Isso foi o que foi determinante para saber a condição de pista no Q3. Sabia o ponto de frenagem exato e as condições que ia encontrar a cada curva.”

No entanto, ele ressaltou que o retorno à ponta tem um gosto diferente.

“Essa pole tem um significado especial para mim, não só pelos motivos de tradição da categoria – pela prova 500 – mas também por tudo o que passamos no ano passado.”

“Quem me acompanha sabe que foi um ano muito difícil não só para mim, mas para toda a equipe. Ter brigado pelo campeonato até o fim com o Daniel em 2017, e depois de iniciar 2018 com boas expectativas e tudo ter ido no contrário, foi frustrante.”

“A gente se mostra forte nas adversidades. Estou muito feliz pela recuperação da equipe e pelo empenho de todos os mecânicos, engenheiros e pelo Andrea Mattheis nessa volta por cima.”

“Quando você briga por vitórias, é fácil estar todo mundo feliz e sorrindo, mas quando acontece uma adversidade, não são todos que se recuperam e voltam mais fortes. E nesse ano acho que tenho um equipamento melhor que em 2017 para brigar.”

Próximo artigo
Serra lamenta erro em freada, mas se diz satisfeito com segundo lugar

Artigo anterior

Serra lamenta erro em freada, mas se diz satisfeito com segundo lugar

Próximo artigo

Após batida, Átila Abreu é vetado e não corre no Velopark

Após batida, Átila Abreu é vetado e não corre no Velopark
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Evento Velopark
Autor Gabriel Lima