Em 2º, Ricardinho crê que tática de pushes será decisiva

Com 45 segundos de duração, boost no motor poderá indicar vencedor da Corrida do Milhão deste domingo

Em 2º, Ricardinho crê que tática de pushes será decisiva
Carregar reprodutor de áudio

Foi por pouco que Ricardo Maurício perdeu sua segunda pole da temporada neste sábado (10) em Interlagos. O piloto da Eurofarma RC, pole na abertura da temporada, teve sua volta mais veloz batida por Rubens Barrichello e vai largar em segundo na Corrida do Milhão deste domingo.

Porém, mesmo perdendo a batalha, o bicampeão da Stock Car acredita ter alcançado seu objetivo hoje – o de largar no grupo dos primeiros colocados. Vencedor da Corrida Milhão em 2010 e traído por um problema no carro na prova do último ano quando tinha oi caminho livre para ganhar, Maurício é otimista ao falar de suas chances.

“Nosso carro veio se desempenhando muito bem o final de semana inteiro, estivemos sempre no top-3 nos treinos”, disse ao Motorsport.com.

“Repetimos agora o segundo lugar do treino de ontem. O Rubinho sempre anda com o carro pesado nos treinos, é conservador e sempre surpreende na classificação. Estamos competitivos, nosso carro está desempenhando bem nas últimas corridas, então vamos torcer para gente levar outro milhãozinho amanhã.”

“A classificação era importante, mas largando entre os seis primeiros na Stock Car você tem chances de vitória. É importante estarmos no bolo.”

Para ele, a forma de administrar os pushes será decisiva para o resultado da corrida de amanhã. “Acho que quem souber usar a estratégia do push to pass – que mudou completamente para este final de semana – da melhor forma possível, vai se dar bem.”

“O tempo é muito longo, 45 segundos. Vamos depender de entradas do Safety Car também. Temos de analisar a corrida como um todo. Temos 45 minutos na corrida, você pode achar que é curta, mas não é. Temos de tomar as melhores decisões.”

“São 45 segundos de ativação (do push to pass), 12 segundos de delay antes de entrar quando você aperta e 60 segundos até recarregar de novo. Então é volta sim, volta não. O número de ativações é sempre um terço das provas.””

“Você só pode apertar o push depois que acaba a primeira volta. Só agora, passada a classificação, que vamos poder decidir a estratégia de pushes.”

compartilhar
comentários
3º, Gomes lamenta calor e diz que poderia brigar pela pole
Artigo anterior

3º, Gomes lamenta calor e diz que poderia brigar pela pole

Próximo artigo

Fraga derrota Barrichello e vence Corrida do Milhão

Fraga derrota Barrichello e vence Corrida do Milhão