Campos comemora 2º lugar para corrida 1 da Stock em Londrina, sua 'segunda casa'

compartilhar
comentários
Campos comemora 2º lugar para corrida 1 da Stock em Londrina, sua 'segunda casa'
Por:
, Repórter
8 de jun de 2019 21:21

Piloto da Prati-Donaduzzi larga em segundo na primeira prova da Stock Car neste domingo e destaca bom trabalho da equipe na temporada

Depois da segunda colocação na corrida 2 da Stock Car em Goiânia, Julio Campos deu sequência à boa fase na etapa deste fim de semana, em Londrina, e se classificou em segundo para a primeira prova deste domingo.

O piloto curitibano da Prati-Donaduzzi (que terá Valdeno Brito, morador de Londrina há 13 anos, no quarto lugar do grid) acabou superado por Thiago Camilo no final da qualificação, mas comemorou o bom resultado para a rodada dupla disputada no norte do Paraná, seu estado natal: "O carro estava muito bom na tomada de tempo e a gente fez um ajuste bem específico para chegar bem no Q3. Largar entre os primeiros já é muito bom e te coloca na briga pela vitória".

Leia também:

"Foi uma volta muito boa, nos primeiros dois trechos principalmente, que encaixei muito bem. Dei uma erradinha no trecho 3, na curva antes da entrada dos boxes, onde perdemos um décimo ou um décimo e meio. Daria para brigar pela pole, mas foi um bom resultado", avaliou Campos.

O piloto também falou sobre a sensação de sair da ponta do grid no seu estado. "Dá para colocar Londrina como uma segunda casa, junto com Cascavel. As corridas aqui no Paraná são sempre muito especiais para mim, então vamos com tudo. Acho que empolga, ainda mais pelo nosso patrocinador também ser paranaense. Vamos ver o que conseguimos, mas estar brigando por vitória é sempre muito importante, então vai ser bem legal", disse o curitibano.

"A estratégia a gente ainda vai discutir certinho domingo de manhã. Vamos ver o que vai ser feito para essa rodada dupla, mas tenho certeza que a gente vai correr pelo maior número de pontos. Teremos pelo menos duas ou três estratégias para ver o que é melhor na hora da primeira parada, que é quando se define tudo".

Campos também avaliou o bom início de ano da Prati-Donaduzzi: "Dá para empolgar. A gente sabia que tinha muito potencial depois da primeira etapa, no Velopark. Acabamos tendo problemas na segunda corrida, o que acabou deixando o fim de semana bem abaixo do esperado".

"Isso acabou confundindo um pouco a equipe e a gente optou por uma configuração que não foi das melhores em Goiânia. Mas não era ruim e conseguimos manter o carro na frente, então fizemos muitos pontos".

Em Londrina, porém, a expectativa é melhor: "Essa configuração que a gente trouxe para Londrina com certeza é o mais adequado para 2019 e tenho certeza que a gente vai conseguir evoluir ainda mais para brigar com o Camilo, que tem o carro a ser batido no ano. Deu para ver que eles encaixaram desde a primeira corrida. Mas daqui a pouco estaremos brigando com eles também".

Domingo:
12:00 - Corrida 1
13:08 - Corrida 2

Prati-Donaduzzi

Prati-Donaduzzi

Photo by: Duda Bairros

Próximo artigo
Camilo diz que quarta pole consecutiva na Stock Car é "indescritível"

Artigo anterior

Camilo diz que quarta pole consecutiva na Stock Car é "indescritível"

Próximo artigo

Fraga comemora "volta" da Cimed após 3º lugar para etapa de Londrina

Fraga comemora "volta" da Cimed após 3º lugar para etapa de Londrina
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Evento Londrina
Sub-evento Treino Classificatório
Pilotos Julio Campos
Autor Carlos Costa