Stock Car Interlagos - Grande Final

Tensão, frustração e solidariedade de rival: como a Stock Car viu eliminação do Brasil na Copa

Seleção canarinho foi eliminada nos pênaltis pela Croácia enquanto pilotos assistiam partida nos boxes e em telão instalado no paddock

Stock; Paddock; Copa do Mundo Brasil

Não deu para o Brasil na Copa do Mundo do Catar. Depois de levar o empate no fim do segundo tempo da prorrogação, a seleção brasileira foi eliminada nos pênaltis para a Croácia. No paddock em Interlagos, a 'turma' da Stock Car Pro Series acompanhou a eliminação da canarinho. 

Leia também:

Abrindo o dia de pista em Interlagos, a Stock deu início ao último fim de semana da temporada com a super final, tendo quatro pilotos na disputa pelo título: Rubens Barrichello, Daniel Serra, Matías Rossi e Gabriel Casagrande. No paddock, as atenções estavam divididas entra as quartas de final da Copa do Mundo e a movimentação na pista.

Enquanto o Brasil tentava avançar até semifinal da competição, os pilotos da Stock Car Pro Series assistiram ao jogo em seus boxes, concentrados, uma vez que o treino livre dois estava marcado para começar apenas às 14h50 - mas as classificações da Fórmula 4 Brasil e da Copa HB20 aconteceram como o programado, parelhos com a bola rolando.

No meio do paddock, um telão passava a partida para todos que estavam no local assistir o confronto. E o 'ponto de encontro' ficou bem cheio, com a galera sentada nos bancos disponíveis e até mesmo arrumando um espacinho no chão para ficar de olho no jogo.

Motorsport.com pode acompanhar de perto a torcida do concorrente ao título, Casagrande, pela seleção. O piloto da AMattheis Voguel não escondeu a tensão e preencheu a cartela de torcedor 'raiz': comemorou gol, ficou chateado com o empate, levantou na hora dos pênaltis e brigou com o juiz.

 

Mas no fim, a seleção acabou eliminada nos pênaltis e o clima no paddock, que antes era de ansiedade e expectativa, foi tomado pela decepção com o futebol. Menos para o argentino Matías Rossi - depois de 'ficar de olho' na partida do Brasil, o piloto assumiu o melhor lugar na frente da televisão para assistir Argentina x Holanda. 

Após o término do primeiro tempo, Rossi comentou se ficava mais nervoso com uma partida da Argentina em Copa do Mundo ou competindo: “Com certeza aqui com a Argentina, sou fanático em um Mundial.”

 

A solidariedade vista com Sabrina Seikel, que faz parte da administração da equipe A. Mattheis Vogel, se repetiu no final do papo com esta reportagem: “Sinto muito pelo que aconteceu com o Brasil”, lamentou o argentino de maneira séria, sem ironia.

Binotto na Audi? Saiba de novo rumor na F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #207 – ‘Era Verstappen’ tem prazo de validade na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Rossi lidera sexta-feira de treinos livres para a decisão da Stock Car
Próximo artigo Cacá Bueno não descarta Galvão narrando Copa de 2026 e faz ressalva sobre aposentadoria do pai

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil