WEC: Ferrari anuncia retorno a Le Mans em 2023 com hipercarro; confira

A montadora italiana é uma das maiores vencedoras da principal prova do automobilismo mundial

WEC: Ferrari anuncia retorno a Le Mans em 2023 com hipercarro; confira

A Ferrari anunciou nesta quarta-feira (24) sua nova empreitada no mundo do automobilismo. A montadora italiana confirmou que voltará a disputar as 24 Horas de Le Mans a partir de 2023, além da temporada completa do Campeonato de Endurance da FIA (WEC), com um programa na nova classe Le Mans Hypercar (LMH), que entra no grid da categoria neste ano.

Após um período de estudos, a Ferrari deu início ao desenvolvimento do novo hipercarro para incluir nas últimas semanas as fases de design e simulação. O programa de testes de pista, nome do carro e pilotos da equipe oficial farão parte dos anúncios futuros.

Leia também:

A marca italiana tem diversos nomes dentro de sua estrutura para considerar: Alessandro Pier Guidi, James Calado e Daniel Serra, vencedores de Le Mans com a Ferrari, além de Davide Rigon, Miguel Molina, Sam Bird e até mesmo nomes de sua Academia ou veteranos da F1, como Callum Ilott, Kimi Raikkonen e mais. 

 

Com o anúncio, o WEC passa a ter uma boa lista de equipes e montadoras envolvidas com as suas novas classes, a LMH e a LMDh, uma proposta em conjunto com a IMSA: Toyota, Peugeot, Glickenhaus, ByKolles, Audi, Porsche e Acura.

O presidente da Ferrari, John Elkann, comentou: “Em mais de 70 anos de corrida, em pistas de todo o mundo, levamos nossos carros esportivos à vitória explorando soluções tecnológicas de ponta: inovações que surgem da pista e fazem todos os carros de rua produzidos em Maranello extraordinários".

"Com o novo programa do hipercarro, a Ferrari reafirma seu compromisso esportivo e determinação em ser protagonista nos principais eventos do automobilismo mundial ”.

A montadora italiana possui um histórico extenso com as 24 Horas de Le Mans, com nove vitórias gerais em seu nome. A primeira foi em 1949, com Luigi Chinetti e Peter Mitchell-Thomson, a bordo de uma Ferrari 166 M, mas em uma entrada privada.

Nos anos seguintes, a Ferrari passou a se envolver de modo mais oficial nas corridas de carros esportivos, conquistando oito dos dez primeiros títulos do Campeonato Mundial de Carros Esportivos, categoria que existiu até 1992 e hoje é representada pelo Campeonato Mundial de Endurance (WEC).

Em Le Mans, o domínio da montadora durou de 1954 a 1965, vencendo oito vezes em doze edições, contando com nomes conhecidos do esporte a boro de seus carros, como Jochen Rindt, Phil Hill, Mike Hawthorn e José Froilán González. Entre os modelos vencedores desse período, estão as séries 375 (Plus), 250 TR (58, 59/60, I/61, P e LM), além do 330 TRI/LM Spyder.

A Ferrari seguiu disputando as 24 Horas nos anos seguintes, e a edição de 1966 é uma das mais conhecidas da história do esporte devido à sua grande disputa com a Ford, recriada no longa Ford vs Ferrari, que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme no ano passado.

Nos últimos anos, a Ferrari mantém um envolvimento com a categoria, mas nas classes de GT. A última produção de um protótipo esportivo da montadora foi o 333 SP, que correu entre 1994 e 2003, mas sem sucesso em Le Mans.

A Ferrari já vinha indicando nos últimos meses que voltaria a atuar de modo mais amplo no mundo do esporte a motor, especialmente após a adoção e redução do teto orçamentário na F1. Para este ano, as equipes possuem um limite de 145 milhões de dólares (R$780 milhões na cotação atual) e isso forçou a uma redução das maiores operações, como Mercedes e a própria Ferrari.

Para evitar de demissões e perda de importantes mentes criativas de sua operação, a Ferrari passou a olhar para outras categorias. Recentemente, considerou uma entrada na Indy, inicialmente como fornecedora de motores, a partir da nova geração, mas, por enquanto, esse projeto está descartado.

A Mercedes adotou uma postura similar, despachando parte de seu pessoal inclusive para programas em outras categorias esportivas, como corridas de barcos.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

BAND define EQUIPE de jornalistas que estará em TODAS as corridas da F1

Podcast #090 – Corridas aos sábados e tetos: revolução imposta pela Liberty pode tirar DNA da F1?

 

 

compartilhar
comentários
F1: Magnussen descarta papel de substituto da Haas em 2021

Artigo anterior

F1: Magnussen descarta papel de substituto da Haas em 2021

Próximo artigo

Leclerc quer pilotar hipercarro da Ferrari nas 24 Horas de Le Mans

Leclerc quer pilotar hipercarro da Ferrari nas 24 Horas de Le Mans
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Autor Filip Cleeren