Dakar: indiano tem de ser ressuscitado por rival após acidente nas motos

CS Santosh está em coma induzido após queda no deserto da Arábia Saudita

Dakar: indiano tem de ser ressuscitado por rival após acidente nas motos

Paul Spierings, da Husqvarna, revelou que teve que 'ressuscitar' o rival CS Santosh depois que o piloto indiano sofreu uma grande queda na quarta etapa do Dakar 2021.

Competindo em seu sétimo Dakar pelo fabricante indiano Hero, Santosh caiu de sua motocicleta às 11h45 locais em uma área que apresenta trilhas de cascalho entre montanhas.

O editor recomenda:

Spierings foi o primeiro a chegar ao local da queda, onde encontrou Santosh inconsciente. Além dele, o piloto da Husqvarna Maurizio Gerini.

“Eu vi duas motos que estavam caídas e os dois pilotos estavam no chão, uma na esquerda e uma direita”, disse ao RallyManiacs.com. “Gerini estava bem, levantou-se imediatamente e foi até o Santosh."

“Quando parei a minha motocicleta, pouco antes da rocha que eles atingiram, para que ninguém mais pudesse bater nela, apertei o botão de emergência. Depois que o peguei, fizemos reanimação e, depois de quinze minutos, três helicópteros da organização chegaram."

“Eles me substituíram [no processo de reanimação], mas naquela fase eu senti que seu coração estava batendo novamente. Fiquei muito aliviado com isso.”

Após a chegada da equipe médica, Santosh foi transportado de helicóptero para o Posto Médico Avançado de Al Duwadimi com suspeita de traumatismo craniano, antes de ser levado ao Hospital da Arábia Saudita em Riade para avaliação médica adicional.

Às 18h50, horário local, a ASO divulgou uma atualização dizendo que o homem de 37 anos está em coma induzido e será submetido a mais exames na quinta-feira para determinar a gravidade de seus ferimentos.

Em uma declaração, a Hero disse: “Ele sofreu um trauma na cabeça. Ele foi sedado e ficará em observação durante a noite. Ele será submetido a uma checagem amanhã."

A Hero perdeu o piloto Paulo Gonçalves durante o Dakar 2020, o primeiro a se realizar na Arábia Saudita, depois que o veterano português morreu em um grande acidente na sétima etapa.

O chefe da equipe Hero, Wolfgang Fischer, disse: “Foi um dia bastante difícil para nós, pois perdemos o Paulo no ano passado, então são muitas emoções."

“O Santosh teve uma queda feia hoje. Ele está fora do Dakar, agora em tratamento médico no hospital. Desejamos-lhe as maiores felicidades para uma rápida recuperação. Cruzamos os dedos para que o Santosh volte em breve e para que a equipe continue sem mais quedas.”

TRÊS pontos-chave que travam a RENOVAÇÃO de HAMILTON com a MERCEDES; assista

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Motorsport.com debate a expectativa para a temporada 2021 da F1; ouça

 

.

compartilhar
comentários
Dakar: Al-Attiyah vence pelo terceiro dia seguido; poloneses fazem a festa nos UTVs

Artigo anterior

Dakar: Al-Attiyah vence pelo terceiro dia seguido; poloneses fazem a festa nos UTVs

Próximo artigo

Dakar: Spinelli e Haddad conquistam bom resultado e sobem na geral

Dakar: Spinelli e Haddad conquistam bom resultado e sobem na geral
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Dakar
Pilotos CS Santosh
Equipes Hero
Autor Rachit Thukral