Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
58 dias
20 mai
Próximo evento em
72 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
86 dias
10 jun
Próximo evento em
93 dias
24 jun
Próximo evento em
107 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
128 dias
29 jul
Próximo evento em
142 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
170 dias
02 set
Próximo evento em
177 dias
09 set
Próximo evento em
184 dias
23 set
Próximo evento em
198 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
205 dias
07 out
Próximo evento em
212 dias
21 out
Próximo evento em
226 dias
28 out
Próximo evento em
233 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
269 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
278 dias

Alonso, de fato, marcou quase 80% dos pontos da Ferrari enquanto foi da equipe na F1

Piloto espanhol questionou aspa de ex-presidente da equipe e afirmou que havia feito 80% dos pontos da escuderia

compartilhar
comentários
Alonso, de fato, marcou quase 80% dos pontos da Ferrari enquanto foi da equipe na F1

"Marquei 80% dos pontos da equipe", disse Fernando Alonso, ao questionar a aspa do ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, que afirmou ao podcast oficial da Fórmula 1 que quando o espanhol não vencia, era o problema da equipe e ele ficava infeliz.

O editor recomenda:

O Motorsport.com fez um levantamento dos pontos conquistados pelo bicampeão mundial da categoria durante sua era na Ferrari, que começou em 2010 e acabou em 2014.

Durante suas quatro primeiras temporadas na escuderia, ele teve companheiro o Felipe Massa. Enquanto no último ano foi Kimi Raikkonen seu parceiro.

Foram 11 vitórias pela Ferrari com três vice-campeonatos: 2010, 2012 e 2013. E nos cinco anos com a equipe Alonso marcou 1190 pontos dos 1623 conquistados pela escuderia.

Isso diz que o espanhol foi responsável por 73,3% dos pontos da Ferrari no período.

Se pegarmos apenas o período em que foi companheiro de Felipe Massa (até 2013), a conta dá praticamente igual, com Alonso tendo feito 73% dos pontos da Ferrari (1029 de 1407).

Montezemolo explicou ao podcast oficial da Fórmula 1 a diferença de personalidade entre Alonso, Michael Schumacher e Niki Lauda.

"Número um: para ser honesto, ele teve azar de estar na Ferrari quando a Red Bull era igual – ou muito perto de ser – como Ferrari era no início dos anos 2000. Segundo: eu não gosto, mas tenho que dizer isso. Ele não teve sorte. Ele perdeu o campeonato no Brasil em 2012, quando Sebastian Vettel bateu na primeira volta com Bruno Senna e continuou.”

"Ou, quando a equipe cometeu um grande erro em 2010, quando era o suficiente para ele terminar em quarto. Perdemos o campeonato na última corrida.”

"Terceiro: seu personagem. A maior diferença entre Michael e também Niki, é que ele era Alonso – não Alonso com a Ferrari. Quando ele vencia ele estava feliz. Quando ele não vence, é problema da equipe. Ele era menos próximo do time do que Michael e Niki. E particularmente nos momentos difíceis. Estar perto do time nos bons momentos é fácil."

Alonso rebateu o tweet da Fórmula 1 com as aspas e disse: “Eu sabia que havia um motivo para não seguir esse perfil até hoje. E hoje vocês me lembram de novo!! O presidente nunca disse isso. Especialmente depois de marcar 80% dos pontos para a nossa equipe. Corremos duro, juntos, com todo o coração e lutamos até a última corrida por campeonatos”

F1: Haas pretende introduzir atualizações mais cedo em 2019

Artigo anterior

F1: Haas pretende introduzir atualizações mais cedo em 2019

Próximo artigo

Red Bull crê que problemas de resfriamento dificultaram vida da Ferrari na Austrália

Red Bull crê que problemas de resfriamento dificultaram vida da Ferrari na Austrália
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Autor Gustavo Faldon