Alonso, Raikkonen e Webber reclamam dos pneus após GP da Coreia

Futura dupla da Ferrari não gostou da mudança nos compostos da Hungria para cá - e espanhol ganhou resposta atravessada

Alonso, Raikkonen e Webber reclamam dos pneus após GP da Coreia
Carregar reprodutor de áudio

Depois de algumas etapas de ‘calmaria’, os pneus Pirelli voltaram a chamar a atenção no final de semana do GP da Coreia. Fernando Alonso, Kimi Raikkonen e Mark Webber reclamaram dos compostos utilizados a partir do GP da Hungria – e uma resposta inicialmente ofensiva dos fornecedores gerou um pedido de desculpas formal no domingo.

Após a classificação, Alonso reclamou que os pneus “estão muito no limite. Se os carros forçarem 100% do começo ao fim eles não duram 5km”. O espanhol, então, ouviu do diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery, que deveria “pedir conselhos para quem está prestes a ser tetracampeão e consegue tirar o melhor destes pneus”, referindo-se a Sebastian Vettel.

No dia seguinte, Hembery se reuniu com Alonso e pediu desculpas formalmente. “Ele não ouviu toda a declaração [dando conta de que a Ferrari precisava se adaptar aos pneus], então veio se desculpar.”

Porém, na corrida, o pneu de Sergio Perez se desinflou após uma fritada, desencadeando mais críticas. “Os pilotos estão fritando os pneus porque não há mais carcaça”, justificou Webber, que acabou tendo um furo ao passar por cima da borracha que saiu do carro do mexicano e teve sua prova comprometida. “Nós dizemos as coisas com fatos e eles com palavras, todos podem ver isso”, completou Alonso.

Outro que não está gostando nada dos novos pneus é Kimi Raikkonen. Do GP da Hungria para cá, sua posição média de classificação é de 9,6 e o finlandês foi superado pelo companheiro Romain Grosjean em quatro oportunidades nas últimas cinco provas.

“Definitivamente era melhor me classificar com os o outro tipo de pneu, a dianteira era mais firme. Tenho certeza de que podemos achar algo para melhorar. Normalmente parece que fica mais normal na corrida.”

compartilhar
comentários
Em boa fase, Grosjean arranca elogios do chefe Boullier
Artigo anterior

Em boa fase, Grosjean arranca elogios do chefe Boullier

Próximo artigo

Lauda espera que Brawn permaneça na Mercedes em 2014

Lauda espera que Brawn permaneça na Mercedes em 2014