Últimas notícias

Alonso sugere que pode voltar à F1 após 2019

Espanhol diz que poderá voltar à Fórmula 1 depois de 2019 e indicou que sua ausência no grid pode ser apenas temporária se o desempenho da McLaren melhorar

Fernando Alonso, McLaren, in the drivers parade

Fernando Alonso revelou nesta terça-feira que não estará na F1 na próxima temporada, mas não falou em aposentadoria.

Alonso sugeriu que um renascimento da McLaren poderia facilitar seu retorno à F1.

"Meu coração está com o time para sempre", disse Alonso. "Eu sei que eles vão voltar mais fortes e melhores no futuro e pode ser o momento certo para eu estar de volta à categoria; isso me deixaria muito feliz.”

"Construí tantos relacionamentos ótimos com muitas pessoas fantásticas na McLaren, e eles me deram a oportunidade de ampliar meus horizontes e competir em outras categorias. Eu sinto que sou um piloto mais completo agora do que nunca."

Leia também:

Alonso atualmente disputa a supertemporada do Campeonato Mundial de Endurance da FIA (WEC), que será disputado em 2019, e deve adicionar um programa da Indy.

Ele fez sua estreia nas 500 Milhas de Indianápolis no ano passado e a famosa corrida é tudo o que resta para conquistar a Tríplice Coroa, tendo conquistado a vitória em sua estreia em Le Mans 24 Horas com a Toyota neste ano.

Alonso não comunicou seus planos para 2019, mas disse que fez o pedido para parar de correr na F1 no começo deste ano.

"Tomei essa decisão há alguns meses e foi firme", disse ele.

"No entanto, gostaria de agradecer sinceramente a Chase Carey e à Liberty Media pelos esforços feitos para mudar minha opinião e todos que entraram em contato comigo durante esse período.”

"Finalmente, também gostaria de agradecer às minhas ex-equipes, companheiros de equipe, concorrentes, colegas, parceiros, jornalistas e todos com quem trabalhei na minha carreira na F1.”

"E, especialmente, meus fãs em todo o mundo. Tenho certeza de que nossos caminhos se cruzarão novamente no futuro".

A saída de Alonso da McLaren confirma que ambos os assentos estão em disputa na equipe britânica no ano que vem.

Stoffel Vandoorne ainda não conseguiu uma prorrogação do contrato, enquanto o piloto reserva Lando Norris admitiu que pode se beneficiar mais de um ano de treinos livres antes de se entrar para a F1 em 2020.

O Motorsport.com apurou que Carlos Sainz é uma séria opção para a McLaren, contanto que a Red Bull não o chame para substituir Daniel Ricciardo antes que sua opção sobre o espanhol expire no mês que vem.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Alonso admite que decisão foi tomada “há alguns meses”
Próximo artigo Indy confirma apoio a planos da McLaren em 2019

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil