Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise técnica: confira as últimas atualizações das equipes direto do paddock de Nurburgring

Giorgio Piola e Matthew Somerfield observam e analisam o que as equipes de F1 apresentaram nesta quinta-feira na Alemanha

Análise técnica: confira as últimas atualizações das equipes direto do paddock de Nurburgring
Carregar reprodutor de áudio

A F1 chega a Nurburgring, em uma prova que não estava prevista no início do ano e que entrou apenas por causa do novo calendário que a categoria teve que fazer por causa da pandemia de Covid-19.

Os especialistas do Motorsport.com, Giorgio Piola e Matthew Somerfield observaram e fotografaram algumas das novidades que os times à Alemanha antes dos carros entrarem na pista.

Leia também:

Red Bull Racing
Red Bull Racing
1/17
Uma imagem que não obtemos com muita frequência, a parte inferior da asa dianteira e, neste caso, do Red Bull RB16. O que é extremamente interessante é o tratamento do piso da plataforma, que foi aberto para criar uma bolsa de espaço negativo. É interessante imaginar que tipo de efeito isso pode ter no campo de pressão nesta região também.

Foto de: Giorgio Piola

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
2/17
A Ferrari chegou à Alemanha com peças construídas sobre os alicerces lançados pelas atualizações introduzidas na Rússia. Isso inclui uma nova matriz de defletor que tem dois elementos verticais distintos que se fundem com os winglets, ao invés de um elemento conjunto (setas azuis e verdes), enquanto o primeiro dos painéis em forma de L também foi modificado, junto com todos os suportes que ligam essas superfícies.

Foto de: Giorgio Piola

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
3/17
Outro ângulo dos novos defletores no SF1000, juntamente com uma boa visão da rampa que é criada na borda do piso para permitir que mais fluxo de ar chegue à parte inferior do piso.

Foto de: Giorgio Piola

Renault F1
Renault F1
4/17
Um close do conjunto do freio dianteiro do Renault RS20, observe como a equipe adicionou um tubo de desvio que transporta o fluxo de ar capturado pela entrada e o emite direto do aro da roda, alterando a forma da esteira criada por toda a montagem como consequência. Este desenvolvimento reflete a solução que vimos a Mercedes usar há algum tempo.

Foto de: Giorgio Piola

Renault F1
Renault F1
5/17
Um ângulo diferente do tubo de desvio instalado como parte do conjunto do freio dianteiro do RS20 mostra como o tubo deve ser contorcido para fornecer fluxo de ar suficiente dentro do espaço que sobra quando todo o resto é instalado.

Foto de: Giorgio Piola

McLaren
McLaren
6/17
Uma seleção de asas dianteiras e narizes fora da garagem da McLaren. Observe o novo design do nariz na parte inferior do rack na parte traseira.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
7/17
Adicionada como parte da atualização que a Ferrari utilizou na Rússia, esta série de aletas arqueadas montadas na plataforma das palhetas giratórias fornecem orientações para o fluxo de ar que, de outra forma, não poderia encontrar o destino pretendido.

Foto de: Giorgio Piola

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
8/17
A Ferrari também pretende implantar a asa traseira da Rússia, que segue uma trajetória de desenvolvimento semelhante à da Mercedes, incorporando o recorte serrilhado do canto superior, golpes ascendentes mais expansivos e travas suspensas fechadas.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Renault F1 R.S.20
Renault F1 R.S.20
9/17
O Renault RS20 de Daniel Ricciardo é preparado para a ação por seus mecânicos, expondo detalhes como os freios dianteiros, suspensão e a suspensão do divisor.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
10/17
Os mecânicos da Ferrari erguem a asa dianteira e o nariz do Ferrari SF1000, ambos modificados no último GP da Rússia.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
11/17
Uma boa foto geral do SF1000 de frente e com a asa dianteira e o nariz agora instalados.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Renault
 Renault
12/17
Um mecânico da Renault roda uma asa dianteira e nariz no pitlane e dá uma ótima visão da montagem por trás, também observando o design da capa.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

AlphaTauri AT01
AlphaTauri AT01
13/17
Uma olhada na asa traseira da AlphaTauri enquanto o carro está sendo preparado para a ação, mas também observe o uso de uma asa sobre a parte superior do escapamento, pois parece adicionar um pouco de influência na direção da pluma.

Foto de: Giorgio Piola

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
14/17
Conjunto do duto do freio dianteiro da Ferrari, observe o uso da palheta guia triangular no meio da calha.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

McLaren MCL35
McLaren MCL35
15/17
Um close do novo bargeboard introduzido pela McLaren algumas corridas atrás, que apresenta as duas asas em forma de perna que conectam a tábua principal à parte inferior do bumerangue. Enquanto isso, a plataforma serrilhada e as aletas montadas no topo também foram otimizadas para melhorar o fluxo.

Foto de: Giorgio Piola

Haas VF-20
Haas VF-20
16/17
O mecânico trabalha no Haas VF20 para prepará-lo para a ação de amanhã, mas observe as barbatanas montadas nas palhetas giratórias, um design usado desde a temporada passada, mas adotado pela Ferrari na última corrida.

Foto de: Giorgio Piola

Ferrari SF1000
Ferrari SF1000
17/17
Uma foto da traseira da Ferrari SF1000, mostrando os detalhes no difusor e o nível de refrigeração que a equipe espera operar na traseira neste fim de semana.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

VÍDEO: Os detalhes do GP de Eifel com Rico Penteado

PODCAST: A F1 perde força com a saída da Honda?

 

compartilhar
comentários

Related video

DIRETO DO PADDOCK: A crítica de Hamilton ao autódromo do Rio e as novidades do GP de Eifel de F1
Artigo anterior

DIRETO DO PADDOCK: A crítica de Hamilton ao autódromo do Rio e as novidades do GP de Eifel de F1

Próximo artigo

Verstappen diz que "podia sentir" saída da Honda da F1

Verstappen diz que "podia sentir" saída da Honda da F1