Estatísticas

Após 5 GPs, quão 'rápida' é a RBR-2023 frente às Mercedes de 2019/14, à Ferrari de 2004 e às Williams dos anos 90? E McLaren-88?

Quão à frente dos outros carros/pilotos está o RB19? Além disso, como essa superioridade de desempenho se compara, por exemplo, às dominações da Mercedes?

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Com a vitória do piloto holandês e atual bicampeão mundial Max Verstappen no GP de Miami, a Red Bull chega a cinco triunfos seguidos nas cinco primeiras provas de 2023, consolidando-se como uma das equipes mais dominantes da história da Fórmula 1, ao menos quando se faz uma análise baseada apenas no recorte das cinco corridas iniciais de uma temporada na categoria máxima do automobilismo.

O editor recomenda:

Assim, a Red Bull de Verstappen e do mexicano Sergio Pérez, vencedor de duas etapas de 2023 até o momento, já 'pelo menos' se iguala aos feitos de Ferrari, em 2004, e Williams, em 1996 e 1992. Nos três casos, os dois times triunfaram nos cinco primeiros eventos de tais anos. Porém, 'ficaram nisso', não conquistando o lugar mais alto do pódio na sexta rodada dos respectivos campeonatos, feito que agora pode ser alcançado pela escuderia taurina na elite global do esporte a motor.

Caso o faça, a Red Bull se igualará à Mercedes de 2014. Entretanto, ainda está relativamente distante da façanha das 'Flechas de Prata' em 2019, com oito glórias consecutivas nas primeiras oito provas daquele ano. Mas, para além do número de primeiros lugares seguidos -- independentemente de eles terem sido obtidos em dobradinhas ou não --, como a 'RBR' de 2023 se compara aos outros casos quanto ao nível de superioridade em relação às outras equipes dos respectivos grids?

Ou seja, quão à frente dos outros carros e pilotos está o RB19 de Verstappen e Pérez neste ano? Além disso, como essa superioridade de desempenho se compara, por exemplo, à dominação da Mercedes em 2019 e/ou 2014? E frente à Ferrari e à Williams, qual delas é mais dominante quando o assunto é desempenho em ritmo de corrida -- tendo em vista que pontos são distribuídos nos GPs, e não nas classificações, o Motorsport.com decidiu não considerar o ritmo de qualificação -- na F1?

Para fazer a comparação, a reportagem verificou a vantagem entre o primeiro carro das 'dinastias' supracitadas, como a Mercedes de 2014/2019, e o primeiro carro/piloto 'fora' do conjunto superior. Veja nas tabelas do Motorsport.com abaixo:

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Etapa Vencedor O melhor de uma equipe 'inferior' Margem entre eles
Bahrein Verstappen Fernando Alonso (3º com a Aston Martin) 38s637
Arábia Saudita Pérez Fernando Alonso (3º com a Aston Martin) 20s728
*Austrália *Verstappen *Lewis Hamilton (2º com a Mercedes) *cálculo da média baseado em gap de 8s4
Azerbaijão Pérez Charles Leclerc (3º com a Ferrari) 21s217
Miami Verstappen Fernando Alonso (3º com a Aston Martin) 26s305

*'Acabou' com safety car, após série de incidentes no final. Antes deles, cerca de 8s4 entre Max e Lewis

Mercedes W10

Mercedes W10

Photo by: Mercedes AMG

Etapa Vencedor O melhor de uma equipe 'inferior' Margem entre eles
Austrália Valtteri Bottas Verstappen (3º com a Red Bull) 22s520
Bahrein Hamilton Leclerc (3º com a Ferrari) 6s131
China Hamilton Sebastian Vettel (3º com a Ferrari) 13s774
Azerbaijão Valtteri Bottas Sebastian Vettel (3º com a Ferrari) 11s739
Espanha Hamilton Verstappen (3º com a Red Bull) 7s679
Nico Rosberg, Mercedes F1 W05 Hybrid, leads Lewis Hamilton, Mercedes F1 W05

Nico Rosberg, Mercedes F1 W05 Hybrid, leads Lewis Hamilton, Mercedes F1 W05

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Etapa Vencedor O melhor de uma equipe 'inferior' Margem entre eles
Austrália Nico Rosberg Kevin Magnussen (2º com a McLaren) 26s777
Malásia Hamilton Vettel (3º com a Red Bull) 24s534
Bahrein Hamilton Pérez (3º com a Force India) 24s067
China Hamilton Alonso (3º com a Ferrari) 23s604
Espanha Hamilton Daniel Ricciardo (3º com a Red Bull) 49s014
Rubens Barrichello, Ferrari F2004 leads team mate Michael Schumacher, Ferrari F2004

Rubens Barrichello, Ferrari F2004 leads team mate Michael Schumacher, Ferrari F2004

Photo by: Motorsport Images

Etapa Vencedor O melhor de uma equipe 'inferior' Margem entre eles
Austrália Michael Schumacher Alonso (3º com a Renault) 34s673
Malásia Michael Schumacher Juan Pablo Montoya (3º com a Williams) 5s022
Bahrein Michael Schumacher Jenson Button (3º com a BAR) 26s687
San Marino (Ímola) Michael Schumacher Jenson Button (2º com a BAR) 9s702
Espanha Michael Schumacher Jarno Trulli (3º com a Renault) 32s294
Damon Hill, Williams FW18 Renault

Damon Hill, Williams FW18 Renault

Photo by: Motorsport Images

Etapa Vencedor O melhor de uma equipe 'inferior' Margem entre eles
Austrália Damon Hill Eddie Irvine (2º com a Ferrari) 1min02s571
Brasil Damon Hill Jean Alesi (2º com a Benetton) 17s982
Argentina Damon Hill Jean Alesi (3º com a Benetton) 14s754
Europa (Nürburgring) Jacques Villeneuve Schumacher (2º com a Ferrari) 0s762
San Marino (Ímola) Damon Hill Schumacher (2º com a Ferrari) 16s460

Nas duas supremacias, sendo a primeira -- cinco vitórias seguidas nas cinco primeiras provas -- protagonizada por Nigel Mansell e a segunda -- 11 triunfos consecutivos nas 11 etapas iniciais -- pela dupla formada por Ayrton Senna e Alain Prost, as estatísticas da F1 mostram vantagem de "1 volta" entre o primeiro carro das 'dinastias' e o primeiro carro/piloto 'fora' do conjunto superior. No caso, GP do Brasil de 1992 e GP de San Marino de 1988, que desconsideramos no cálculo da média.

Nigel Mansell, Williams FW14B Renault

Nigel Mansell, Williams FW14B Renault

Photo by: Ercole Colombo

Etapa Vencedor O melhor de uma equipe 'inferior' Margem entre eles
África do Sul Mansell Senna (3º com a McLaren) 34s675
México Mansell Schumacher (3º com a Benetton) 21s429
Brasil Mansell Schumacher (3º com a Benetton) 1 volta
Espanha Mansell Schumacher (2º com a Benetton) 23s914
San Marino (Ímola) Mansell Senna (3º com a McLaren) 48s984
Alain Prost, and team mate Ayrton Senna, McLaren MP4/4 at the start

Alain Prost, and team mate Ayrton Senna, McLaren MP4/4 at the start

Photo by: Sutton Images

Etapa Vencedor O melhor de uma equipe 'inferior' Margem entre eles
Brasil Prost Gerhard Berger (2º com a Ferrari) 9s873
San Marino (Ímola) Senna Nelson Piquet (2º com a Lotus) 1 volta
Mônaco Prost Gerhard Berger (2º com a Ferrari) 20s453
México Prost Gerhard Berger (3º com a Ferrari) 57s314
Canadá Senna Thierry Boutsen (3º com a Benetton) 51s409

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ricciardo pilotará RB19 em teste após GP da Grã-Bretanha
Próximo artigo F1: Entenda o que está por trás da possibilidade de Ricciardo substituir de Vries na AlphaTauri em 2023

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil