Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
25 dias
06 mai
Próximo evento em
67 dias
20 mai
Próximo evento em
81 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
95 dias
10 jun
Próximo evento em
102 dias
24 jun
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
137 dias
29 jul
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
179 dias
02 set
Próximo evento em
186 dias
09 set
Próximo evento em
193 dias
23 set
Próximo evento em
207 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
214 dias
07 out
Próximo evento em
221 dias
21 out
Próximo evento em
235 dias
28 out
Próximo evento em
242 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
278 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
287 dias

Após azar, Alonso crava: “as duas McLarens iriam ao Q3”

Piloto espanhol tem última chance de passar para o Q3 interrompida após bandeira vermelha causada por Hulkenberg

compartilhar
comentários
Após azar, Alonso crava: “as duas McLarens iriam ao Q3”
Fernando Alonso-Mclaren Honda F1 team
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Ron Dennis, McLaren Executive Chairman with Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren

A frustração de Fernando Alonso no rádio foi ouvida em alto e bom som após seu engenheiro de pista lhe avisar ao fim do Q2 que não poderia mais tentar voltas rápidas para passar ao Q3. Isso, graças à perda de uma roda da Force India do alemão Nico Hulkenberg. Nem Alonso e nem o parceiro Jenson Button puderam melhorar seus tempos no último minuto.

"Foi super frustrante não conseguir fazer um tempo", disse Alonso, que se beneficiou de uma punição a Hulkenberg pela perda da roda e sairá em 11º.

"Eu só fiz uma tentativa no Q1. A segunda eu abortei porque já estávamos classificados para o Q2. No Q2 eu tive uma tentativa com pneus usados ​​para ver como o carro estava para os pneus novos. Então, acabei não fazendo volta.”

"Mesmo assim, nós estamos em 12º. Acho que ambas as McLarens teriam ido muito confortavelmente ao Q3.”

"Então, como eu disse, foi extremamente frustrante. Especialmente para aqueles que, como nós, estavam fora do Q3. Mas é assim que é. Temos de aproveitar a oportunidade da próxima vez."

O espanhol admitiu que está muito animado com o progresso que a McLaren fez.

"É muito frustrante, porque nós não usamos a potência do motor até o Q2, que seria quando iriamos dar tudo. É uma pena.”

"A sensação é boa. O carro está crescendo, e nós escapamos do Q1. Ficamos frustrados por não estarmos em Q3. É uma sensação agradável."

Alonso disse que ainda está com dores no corpo dentro do cockpit devido às costelas quebradas na Austrália, mas não espera problemas na corrida.

"Me sinto muito bem. É verdade que no carro a dor volta um pouco, mas estou sem problemas. Hoje eu não tomei analgésicos porque queria ter uma boa sensação no carro."

Já Jenson Button se classificou em 13º mas sairá em 12º após a punição a Nico Hulkenberg. Ele encontrou consolo ao saber que será capaz de escolher sua estratégia.

"Para ser justo, estar apenas por pouco fora do top 10 não é terrível, porque nós podemos escolher os nossos pneus. Nós vamos andar com pneus novos. Temos três tipos diferentes de composto para escolher, o que se torna bastante interessante", disse ele.

Admitindo erro, Kimi lamenta segunda fila: “é uma pena”

Artigo anterior

Admitindo erro, Kimi lamenta segunda fila: “é uma pena”

Próximo artigo

Hulkenberg é punido, e Massa largará em 10º na China

Hulkenberg é punido, e Massa largará em 10º na China
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da China
Localização Shanghai International Circuit
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Autor Pablo Elizalde