Chefe revela que Ferrari não tem evolução desde maio

Em crise após ser ultrapassada pela Red Bull no campeonato de construtores, equipe italiana busca reestruturação

Chefe revela que Ferrari não tem evolução desde maio
Jock Clear, Ferrari Engineering Director with Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal on the grid
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Kimi Raikkonen, Ferrari on the drivers parade
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H

A Ferrari disse após o GP da Alemanha que sua falta de progresso nas últimas provas é devido à falta de atualizações aerodinâmicas no carro. A equipe era a principal adversária da Mercedes no início do ano, mas de junho para cá tem tido problemas para se manter à frente dos austríacos.

O time recentemente também perdeu seu diretor-técnico, James Allison.

Quando perguntado pelo Motorsport.com sobre onde a Ferrari havia estagnado, o chefe da equipe, Maurizio Arrivabene, disse: "no Canadá reagimos muito bem com o motor”.

"Mas se olharmos para trás, acho que não temos grandes melhorias em termos de downforce desde Barcelona. Esse é o problema.”

"Nós sabemos onde temos que trabalhar agora e temos que fazer isso o mais rápido possível, mesmo que isso não seja fácil."

Arrivabene disse que a situação está complicada porque é difícil encontrar um bom equilíbrio entre aderência mecânica e aderência aerodinâmica.

"Você tem dois tipos de downforce, não preciso ensinar. Um deles é a pressão aerodinâmica e o outro é o downforce mecânico (aderência).”

"Temos que trabalhar em ambas as áreas, porque elas têm que conversar. Às vezes elas falam línguas diferentes no momento."

Plano de resposta

Arrivabene insiste que a Ferrari não vai descartar sua campanha deste ano apesar da melhora da Red Bull, e deu a entender que haverá uma nova reestruturação de seu departamento técnico nas próximas semanas.

"Eu tenho que dizer que eles (Red Bull) melhoraram muito, estão na frente de todos nós. Isso é algo que está em nossa mente.”

"Mas isso não significa que vamos nos entregar durante este período. Temos que pensar sobre como reagir."

"Estamos revendo a equipe sem entrar em pânico, porque tomar essa decisão significará que vamos saber o que fazer. Pelo resto da temporada, sabemos bem onde temos que melhorar."

compartilhar
comentários
Era híbrida da F1 chega ao 50º GP; confira números

Artigo anterior

Era híbrida da F1 chega ao 50º GP; confira números

Próximo artigo

Daniel Ricciardo é eleito Piloto do Dia no GP da Alemanha

Daniel Ricciardo é eleito Piloto do Dia no GP da Alemanha
Carregar comentários