Circuito de Miami pode receber Indy e Nascar e organização quer mais F1 nos EUA

Diretor-executivo do Hard Rock Stadium, que sediará GP da categoria máxima, visa outras divisões e acredita que mais eventos no país atraem mais fãs

Circuito de Miami pode receber Indy e Nascar e organização quer mais F1 nos EUA

Além da já tradicional corrida de Austin, os Estados Unidos receberão um segundo GP de Fórmula 1 no próximo ano, em Miami. No entanto, os organizadores do evento não querem se limitar apenas à categoria máxima e podem futuramente receber outras gigantes como Indy e Nascar.

O Hard Rock Stadium, local do circuito, recebe jogos do time Miami Dolphins na NFL e já sediou outros eventos esportivos, o que dá força nos bastidores para trazer mais divisões do automobilismo à cidade. O maior obstáculo é o calendário.

Leia também:

"Acho que é possível, mas a pequena janela de tempo para se programar seria um desafio", comentou o diretor-executivo do estádio, Tom Garfinkel, à revista Racer. "Antes da corrida, temos o Miami Open de tênis ao final de março e a temporada de futebol americano. Então, será limitado ao que pudermos fazer fora desses eventos, já que a pista foi projetada visando um fim de semana de F1."

Para ele, apesar do país já contar com dois GPs, ainda há espaço para mais: "Quanto maior o número de corridas que conseguirmos trazer, maior o número de fãs que vamos conquistar. É bom para todo mundo."

"Eu adoraria ver uma terceira corrida nos Estados Unidos, se possível. Acreditamos em surfar junto à maré, então se você for fã de automobilismo e F1, quanto mais provas nos EUA, melhor", acrescentou.

EXCLUSIVO: JU CERASOLI revela detalhes em TRETAS de Hamilton e Verstappen que não são vistos na TV

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #135: Vitória 100 de Hamilton na F1 chega em momento mais pressionado na carreira?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Jos Verstappen, pai de Max, anuncia retorno às pistas após 12 anos
Artigo anterior

Jos Verstappen, pai de Max, anuncia retorno às pistas após 12 anos

Próximo artigo

F1: Desconhecimento sobre pista deve criar GP do Catar "incrível", diz Domenicali

F1: Desconhecimento sobre pista deve criar GP do Catar "incrível", diz Domenicali
Carregar comentários