Dona da F1, Liberty Media estaria interessada comprar Dorna Sports, proprietária da MotoGP

Caso compra se concretize, conglomerado americano passaria a deter as duas principais categorias do esporte a motor mundial

Greg Maffei, CEO, Liberty Media Corporation, Stefano Domenicali, CEO, Formula 1, on the grid

Mark Sutton / Motorsport Images

A Liberty Media, proprietária da Fórmula 1, estaria interessada em expandir seu portfólio no mundo esportivo e, com isso, teria em sua mira a compra da Dorna Sports, dona da MotoGP, o principal campeonato da motovelocidade mundial.

A informação foi publicada pelo jornal espanhol especializado em economia Expansión. A reportagem afirma que a Liberty já está em conversas com a Bridgepoint, empresa britânica de gestão de fundos de ativos que detém o controle majoritário da Dorna.

Leia também:

Porém, a Liberty enfrenta concorrência nessa empreitada, com outros grupos de investimentos interessados na compra como a KKR e a CVC, antiga dona da F1 na era Bernie Ecclestone.

Segundo a Forbes, a Liberty Media tem no momento o império esportivo mais valioso do mundo, avaliado em 18,2 bilhões de dólares (R$90 bilhões). Além da F1, o conglomerado americano é dono do time de basebol Atlanta Braves e tem participações na Drone Racing League, a equipe da Indy Meyer Shank Racing e mais.

Em entrevista ao jornal italiano La Reppublica, o CEO da Dorna Sports, Carmelo Ezpeleta, comentou sobre o caso.

"Confirmo os rumores de venda, mas gostaria de saber quem está divulgando. Sempre recebo chamadas de instituições perguntando se estamos à venda. Mas eles só se oferecem como intermediários da operação".

"Estamos prontos: ficamos com nossos primeiros investidores de 1998 a 2006. Depois veio a Bridgepoint, que fez algumas mudanças e passaram-se mais 17. Atualmente, cerca de 20% [das ações] da Dorna é de propriedade dos seus trabalhadores, e eu detenho a maioria; 39% é da Bridgepoint e 38% de um fundo canadense".

Caso a compra se confirme, a Liberty consolidaria ainda mais seu império desportivo, detendo em suas mãos as duas principais categorias do esporte a motor mundial. E essa especulação vem em um momento na qual se intensificam as negociações por um fim de semana conjunto entre as duas categorias no futuro, enquanto a MotoGP vive um processo de "americanização" para reverter a estagnação da audiência, visando atrair um público jovem.

RICO PENTEADO analisa PRÉ-TEMPORADA no Bahrein e diz se teremos novo PASSEIO da Red Bull na F1 2024

O que a F1 pode fazer para que o domínio de Max não seja desinteressante?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Alonso coloca em dúvida continuidade na F1: "Preciso decidir se quero continuar correndo"
Próximo artigo F1: Verstappen "não quer se envolver" com 'caso Horner': "Isso não me afeta"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil