F1: Red Bull admite que rivais estão mais próximos em 2024

Pierre Wache, diretor técnico da equipe, vê soluções de outros times como “interessantes” e destacou especificidade da pista do Bahrein

Sergio Perez, Red Bull Racing RB20

Sam Bloxham / Motorsport Images

A Red Bull acredita que seus rivais da Fórmula 1 entenderam os segredos do sucesso da atual geração de carros de efeito solo, com base em alguns caminhos de desenvolvimento "interessantes".

Após os títulos consecutivos da Red Bull e de Max Verstappen, vários de seus rivais fizeram remodelações radicais em seus carros para 2024 na tentativa de reduzir a diferença.

Leia também:

E embora simplesmente copiar um carro da Red Bull não garanta sucesso, já que as equipes precisam entender o que torna o conceito eficaz, as indicações mostram que isso está acontecendo.

O diretor técnico da Red Bull, Pierre Wache, acredita que alguns caminhos de desenvolvimento que as equipes seguiram - como a asa dianteira da Mercedes - oferecem a melhor indicação de que os rivais agora entendem o que tornou os carros anteriores de sua equipe tão bons.

"Eu não sei se eles entenderam o que fizemos, mas acho que entenderam pelo que vi no desenvolvimento de seus carros", disse Wache ao Motorsport.com.

"Mesmo que não seja exatamente o mesmo caminho, porque tenho certeza de que não estamos certos em todos os lugares, eles encontraram seu próprio caminho no sentido de que você desenvolve uma ferramenta, ou certos caminhos de desenvolvimento, com base nos problemas que você tem e com base em seu entendimento.

"Então, talvez tenham encontrado outras coisas que poderiam ser muito interessantes. Fazer funcionar com três flaps e meio no elemento da asa dianteira [como a Mercedes] é interessante por ter mais outwash.

"Eles encontraram um caminho diferente. Não tenho certeza se eles sabem exatamente o que fizemos, porque se você apenas copiar sem entender, para mim é inútil, mas todas as pessoas competitivas neste negócio estão seguindo um caminho para seu benefício."

A forma mostrada pelo novo RB20 da Red Bull nos testes no Bahrein na semana passada deixou muitos convencidos de que a equipe novamente será o time a ser batido na abertura da temporada - e poderia ter uma vantagem ainda maior do que no ano passado.

Mas Wache não está tão confiante sobre isso e acredita que a performance de longo prazo da Ferrari, em particular, deixou a equipe italiana como um possível desafiante.

Perguntado sobre a opinião de que a vantagem da Red Bull foi mantida durante o inverno, Wache disse: "Não, não compartilho disso. Gostaria que a diferença fosse maior, mas não sei.

"Espero primeiro que entreguemos um carro que seja capaz de se sair bem, e veremos onde todos estão.

"Mas, para ser honesto, quando vejo a Ferrari [ritmo de corrida], eles foram muito rápidos. Então, não sei, para ser honesto.

"A principal preocupação que temos é que esta pista é muito específica. Como vamos nos sair em outros tipos de pista com diferentes problemas? A traseira aqui é muito limitada. A superfície é muito específica. Acho que teremos um desafio diferente, e não tenho certeza se será fácil."

RICO PENTEADO analisa PRÉ-TEMPORADA no Bahrein e diz se teremos novo PASSEIO da Red Bull na F1 2024

O que a F1 pode fazer para que o domínio de Max não seja desinteressante?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Mercedes deu a Hamilton contrato curto para não correr risco de perder Kimi Antonelli
Próximo artigo Alonso coloca em dúvida continuidade na F1: "Preciso decidir se quero continuar correndo"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil