Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Ericsson se diz “orgulhoso” por passagem pela Sauber

compartilhar
comentários
Ericsson se diz “orgulhoso” por passagem pela Sauber
25 de set de 2018 16:17

Sueco, que deixará posto de titular depois de quatro anos, admite que gostaria de ter continuado, mas reconhece importância de chegada de Raikkonen

Marcus Ericsson, que perdeu a vaga de titular na Sauber para a temporada de 2019 da F1, se disse “orgulhoso” por sua passagem pelo time, embora reconheça que a chegada de Kimi Raikkonen representa uma grande oportunidade para a equipe.

Ericsson é titular da Sauber desde 2015 e já formou dupla com nomes como Felipe Nasr, Pascal Wehrlein e, agora, Charles Leclerc, sendo derrotado por todos.

Para 2019, no entanto, a Sauber confirmou Raikkonen e Antonio Giovinazzi, sendo que Ericsson passará a ocupar um cargo de terceiro piloto e embaixador do time.

Após a oficialização da notícia, Ericsson admitiu que gostaria de ter continuado como titular, mas evitou expressar sua chateação com o fato.

“Sou grato pelos últimos cinco anos de minha carreira que passei correndo na F1”, disse. “Tenho orgulho por ter representado a Sauber por quatro destes anos e por ter corrido por uma marca tão icônica como a Alfa Romeo nesta temporada.”

“Eu teria adorado continuar neste caminho, mas ter um piloto como Kimi Raikkonen a bordo é uma ótima oportunidade para toda a equipe.”

Além disso, Ericsson expressou seu desejo em também competir em outra categoria.

“Também estou empolgado para explorar outras opções de categoria. Hoje não é o fim da história – é só o começo de um novo capítulo.”

Próximo artigo
Rosberg: Programas de jovens de times de F1 podem ser cruéis

Artigo anterior

Rosberg: Programas de jovens de times de F1 podem ser cruéis

Próximo artigo

Wolff diz que ficaria “impressionado” de ver Wehrlein na F1

Wolff diz que ficaria “impressionado” de ver Wehrlein na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Marcus Ericsson
Equipes Sauber