Ex-chefe da McLaren, Whitmarsh anuncia retorno à F1 com Aston Martin

Britânico foi um dos nomes mais importantes da McLaren entre os anos 1990 e 2000

Ex-chefe da McLaren, Whitmarsh anuncia retorno à F1 com Aston Martin

O ex-chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, anunciou seu retorno à Fórmula 1 como o novo CEO da Aston Martin Performance Technologies, uma das novas divisões dentro da marca britânica, que busca subir para o topo da categoria nos próximos anos.

O britânico é conhecido no esporte por sua longa passagem pela McLaren, que durou de 1989 a 2014, incluindo períodos como chefe da equipe e até mesmo CEO.

Leia também:

Desde sua saída da F1, ele se manteve envolvido em diversos projetos, como presidente da startup de tecnologia BAR Technologies e um papel similar na Offshore Wind Growth Partnership. No ano passado, ele se uniu ao heptacampeão Lewis Hamilton, ocupando uma posição fundamental na Comissão Hamilton, que analisou as barreiras que minorias enfrentam para entrar e se manter no esporte.

Whitmarsh passará a liderar a divisão de Performance Tecnológica da Aston Martin, que tem como objetivo diversificar as tecnologias usadas na F1 e na área de carros de rua em vários setores da indústria.

O presidente-executivo da Aston Martin, Lawrence Stroll, apontou a chegada de Whitmarsh como outro passo em sua luta para levar a marca ao título na F1.

"Martin terá um papel de liderança, ajudando e me apoiando na montagem da nova divisão estratégica da Aston Martin Performance Technologies e suas subsidiárias, incluindo o objetivo crucial de liderar a transformação da Aston Martin em uma organização capaz de conquistar o título da Fórmula 1 nos próximos quatro ou cinco anos, evoluindo também para um negócio de um bilhão de libras (aproximadamente R$7,2 bilhões) no mesmo período".

"Martin tem uma carreira longa e de sucesso, nos setores automotivo, automobilístico, aeroespacial e de energias renováveis. Além disso, ele é um vencedor comprovado na F1. Ele é a pessoa ideal para a função, trabalhando comigo e nossos diretores, liderando e inspirando nossos membros em direção ao sucesso dentro e fora das pistas".

Sebastian Vettel, Aston Martin AMR21

Sebastian Vettel, Aston Martin AMR21

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Falando sobre sua nova função, Whitmarsh disse que foi atraído pela visão de Stroll para a Aston Martin, e sente que o objetivo de conquistar o título da F1 é possível.

"Conheço e admiro Lawrence há muitos anos, e sempre fiquei impressionado por suas habilidades formidáveis nos negócios e sua ambição inesgotável", disse.

"Igualmente, sempre respeitei a 'equipe Silverstone', se puder chamar assim já que ela teve outros nomes antes, e que agora tem o nome de maior peso. Lawrence quer levar a Aston Martin aos títulos na F1 e não teria me unido a ele se não estivesse convencido de que isso seja possível".

"Sei do que é preciso para vencer na F1 e, inspirado pela liderança de Lawrence e apoiado pelas habilidades e paixão das pessoas, farei o que for possível para garantir que nossa equipe se torne a operação vencedora que Lawrence quer que seja".

F1: SAINZ ridicularizou BARRICHELLO? Entenda CONTEXTO da declaração do espanhol sobre brasileiro

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Caótico GP da Itália acirra ainda mais rivalidade Hamilton x Verstappen na F1

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Batalha intensa entre Hamilton e Verstappen é exatamente o que a F1 precisa, diz Berger
Artigo anterior

Batalha intensa entre Hamilton e Verstappen é exatamente o que a F1 precisa, diz Berger

Próximo artigo

ANÁLISE: O que o futuro reserva para Pierre Gasly na Fórmula 1?

ANÁLISE: O que o futuro reserva para Pierre Gasly na Fórmula 1?
Carregar comentários