F1: Abu Dhabi aprova mudanças no traçado para facilitar ultrapassagens

Reforma foi aprovada após reclamações dos fãs, pilotos e F1 sobre a corrida chata em 2020

F1: Abu Dhabi aprova mudanças no traçado para facilitar ultrapassagens

Palco do encerramento das temporadas da Fórmula 1 há alguns anos, o circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi, passará por modificações no traçado pelos próximos meses visando facilitar as ultrapassagens no GP deste ano.

Após uma corrida bem abaixo do esperado em 2020, com pouca ação, os promotores da corrida concordaram com a possibilidade de revisão do layout da pista.

Leia também:

Agora, a direção do circuito revelou que os planos foram aprovados e o trabalho começará logo nessas mudanças, que devem envolver diversas curvas. A previsão é que a obra esteja concluída a tempo do GP de Abu Dhabi, marcado para 12 de dezembro.

Saif Al Noaimi, CEO da Abu Dhabi Motorsports Management, disse: "Estávamos analisando a possibilidade de melhorar as corridas com a pista. Ouvimos nossos espectadores, fãs, pilotos, F1 e a FIA e estamos trabalhando em algumas mudanças, emocionantes, neste ano para o traçado".

"Estaremos fazendo algumas modificações à pista ao longo dos próximos meses, a tempo da edição deste ano do GP de Abu Dhabi".

Al Noaimi disse que os detalhes das mudanças serão revelados ao público logo, mas a expectativa é de que o novo traçado aumente as oportunidades de ultrapassagens.

"No final, o objetivo é de criar mais oportunidades para pilotagem próxima. Queremos criar mais oportunidades de ultrapassagens e, no geral, criar uma prova mais rápida, dadas as regras atuais dos veículos".

"Então, mal podemos esperar para vermos ultrapassagens e ação na pista e, com sorte, o campeonato será decidido no fim do ano, aqui".

Charles Leclerc, Ferrari SF1000, Carlos Sainz Jr., McLaren MCL35

Charles Leclerc, Ferrari SF1000, Carlos Sainz Jr., McLaren MCL35

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Uma área em potencial para mudanças é a seção do hairpin antes da longa reta oposta. A chicane antes do hairpin tende a espalhar os carros e torna difícil a batalha na saída do grampo.

No ano passado, Daniel Ricciardo expressou sua esperança de que o layout possa ser modificado após a chata corrida de 2020.

"Certamente não quero destruir o local, porque quero voltar para cá, é incrível. Mas talvez possamos brincar com o layout. Sei que há algumas alternativas por aqui, porque, infelizmente é difícil no domingo".

"Acaba sendo difícil do ponto de vista do entretenimento".

A direção também confirmou que, enquanto a etapa de 2020 foi realizada com portões fechados, a deste ano deve permitir um número limitado de fãs.

F1 2021: Verstappen SUPERA Hamilton e ABRE na LIDERANÇA; as ANÁLISES do GP da França | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho do 'drama' de Bottas e Mercedes em 2021?

 

compartilhar
comentários
F1: Wolff explica como Pérez foi "pedra no sapato" na estratégia da Mercedes
Artigo anterior

F1: Wolff explica como Pérez foi "pedra no sapato" na estratégia da Mercedes

Próximo artigo

F1: Verstappen nega "vingança" sobre Mercedes por GP da Espanha

F1: Verstappen nega "vingança" sobre Mercedes por GP da Espanha
Carregar comentários