F1: Verstappen nega "vingança" sobre Mercedes por GP da Espanha

Holandês diz que condições que levaram a Red Bull à vitória em Paul Ricard foram inesperadas para todo mundo

F1: Verstappen nega "vingança" sobre Mercedes por GP da Espanha

Max Verstappen conquistou sua 13ª vitória na Fórmula 1 em um GP da França que foi marcado pelo sensacional jogo de estratégia da Red Bull. A equipe de Milton Keynes deu um "nó tático" na Mercedes em uma pista que era território das flechas de prata desde o retorno do circuito à categoria em 2018.

Embora o holandês tenha perdido a liderança na primeira curva ao escapar, ele recuperou a ponta após um undercut (ultrapassagem no pit stop) em Lewis Hamilton na primeira parte da corrida e tomou à frente de novo, no fim da corrida, ao parar pela segunda vez e colocar pneus médios, contra compostos duros do britânico.

Leia também:

A Red Bull chamou Verstappen pela segunda vez a 20 voltas do final. A partir daí, o piloto bateu o martelo e perseguiu seus rivais: primeiro o companheiro de RBR Sergio Pérez, que não o bloqueou, depois Valtteri Bottas e finalmente Hamilton.

“Tive uma 'escapadinha' na curva 1", disse o líder do campeonato. "Essas coisas acontecem, mas você tem que analisar tudo. Me pegou totalmente desprevenido, estava sofrendo muito com o carro. A partir daí, o primeiro stint foi muito difícil para nós."

"Choveu pela manhã e depois a F3 emborrachou o asfalto com os pneus de chuva. Acho que a pista estava muito 'verde' para nós com a asa baixa, além do vento. Demoramos um pouco para pegar o jeito e no meio da prova nosso ritmo aumentou. O vento estava mais leve e nosso carro se adequou um pouco melhor", completou.

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, leads Sir Lewis Hamilton, Mercedes W12

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, leads Sir Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Drew Gibson / Motorsport Images

Questionado se a sua 13ª vitória foi uma "vingança" pelo jogo estratégico semelhante da Mercedes no GP da Espanha, Verstappen respondeu: "Em Barcelona, ​eles foram claramente mais rápidos. Não quero falar em revanche. Você segue em frente, tenta dar o seu melhor e, claro, fica muito feliz com o resultado.”

O holandês não ficou surpreso que a decisão da Red Bull tenha pego os rivais de surpresa, apesar de terem dominado a F1 com punho de ferro nos últimos sete anos.

"Eles provavelmente pensaram que Lewis tinha uma grande vantagem de qualquer maneira. Acho que de ambos os lados, eu mesmo não esperava ter um undercut. Em ambos os lados, ninguém imaginava isso."

Informações adicionais de Luke Smith.

F1 2021: Verstappen SUPERA Hamilton e ABRE na LIDERANÇA; as ANÁLISES do GP da França | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho do "drama" de Bottas e Mercedes em 2021?

 

compartilhar
comentários
F1: Abu Dhabi aprova mudanças no traçado para facilitar ultrapassagens

Artigo anterior

F1: Abu Dhabi aprova mudanças no traçado para facilitar ultrapassagens

Próximo artigo

F1: Entenda por que Verstappen não foi punido por exceder os limites de pista na França

F1: Entenda por que Verstappen não foi punido por exceder os limites de pista na França
Carregar comentários