F1: Albon diz que precisa ganhar confiança com carro da Red Bull para melhorar

Piloto tailandês falou que precisa entender como levar o carro ao limite, como seu companheiro Verstappen

F1: Albon diz que precisa ganhar confiança com carro da Red Bull para melhorar

Depois de um ano cheio de altos e baixos, Alex Albon afirmou que o ponto chave para garantir seu progresso e permanência na Fórmula 1 começa com o ganho de confiança ao levar sua Red Bull ao limite, similar ao que Max Verstappen faz.

O tailandês tem encontrado dificuldades neste ano para se acostumar com a difícil falta de balanço aerodinâmico que o RB16 vem sofrendo.

Leia também:

E apesar de ter conseguido uma boa performance e seu primeiro pódio no GP da Toscana, ele deixa claro que ainda precisa extrair velocidade de seu carro, especialmente na classificação.

Falando com exclusividade ao Motorsport.com sobre as áreas que precisa trabalhar, Albon disse que seu foco é igualar o modo que Verstappen consegue conduzir o carro quase no limite ao longo de toma uma volta.

"Na verdade, é muito difícil apontar algo específico. Eu preciso de mais confiança. Acho que, com Max, ele está no limite durante toda uma curva. E ele não tem medo de ir atrás disso. Você pode ver uma volta de classificação de Max e notar o quanto ele leva o carro ao limite".

"Para mim, chegar nesse ponto, no limite do carro, é o que eu preciso. É aquela sensação de conseguir fazer todas as curvas no máximo. Mas não é apenas isso, é uma sensação geral de ter confiança com o carro".

Albon disse que solucionar esse problema é complicado porque tornar o carro mais fácil de pilotar tira algumas de suas vantagens. Então a solução é manter as forças do RB16 com um ajuste que pelo menos ajude o piloto.

"Tem que encontrar um meio termo. Um carro rápido não significa necessariamente um carro confortável. Você precisa usá-lo e estar no limite do que ele pode entregar, tirar o máximo. É um compromisso".

"É preciso tempo no carro. Eu sei que já é o meio da temporada, mas é uma sensação relativamente recente. Max já está aqui há cinco anos. Ele conseguiu desenvolver seu estilo de pilotagem ao redor disso, enquanto eu ainda estou descobrindo, aprendendo e trabalhando com os engenheiros para tirar o máximo dele".

Albon elogiou o impacto que seu novo engenheiro, Simon Rennie, deu à sua performance desde a sua chegada, na Grã-Bretanha.

"Em termos de experiência, Simon traz uma boa bagagem, especialmente em comunicação via rádio. Ele é ótimo nisso. Obviamente ele tem experiência e conhece pessoas aqui, seja Rocky [Guillaume Rocquelin, engenheiro-chefe de corridas] ou Pedals [engenheiro-chefe, Paul Monaghan]".

"O ambiente da equipe é muito bom. Há muito apoio aqui e a moral está sempre positiva, o que é muito bom".

Red Bull RB16

(Temporada 2020)

Red Bull Racing-Honda RB16
Motor: Honda
Combustível: ExxonMobil
Pneus: Pirelli

Pilotos:

33 - Max Verstappen

23 - Alexander Albon

Alonso é TAXATIVO sobre seus rivais Hamilson e Schumacher e "se compara" a algoz Vettel; veja

PODCAST: Kimi Raikkonen, 'apenas' um grande personagem ou um verdadeiro campeão?

 

compartilhar
comentários
Chefe da McLaren afirma que F1 não precisa introduzir "elementos artificiais" para melhorar espetáculo

Artigo anterior

Chefe da McLaren afirma que F1 não precisa introduzir "elementos artificiais" para melhorar espetáculo

Próximo artigo

Horner afasta chances de trazer nova montadora e acena para Renault: "A nova diretoria trouxe uma mudança de ares"

Horner afasta chances de trazer nova montadora e acena para Renault: "A nova diretoria trouxe uma mudança de ares"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Alexander Albon
Autor Jonathan Noble