Fórmula 1 GP da Espanha

F1: Alonso garante que P2 era possível mesmo com assoalho danificado

Espanhol danificou o assoalho ao escapar da pista durante o Q1 na Espanha

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Fernando Alonso vai largar da nona colação no GP da Espanha de Fórmula 1 neste domingo depois de uma classificação conturbada, bem diferente das anteriores. O espanhol acabou saindo da pista no Q1, quando as condições estavam ainda incertas, e danificou o assoalho. Mesmo assim, o piloto da Aston Martin tinha certeza de que conseguiria o P2 no grid.

Leia também:

Durante a volta de saída no início do Q1, Alonso saiu da pista e foi parar na brita danificando o assoalho suficientemente para tornar o carro difícil de pilotar durante a classificação. Depois disso, ele notou que o carro tinha um comportamento "estranho", mas o espanhol continuou convencido de que ainda estava no caminho certo para a primeira fila antes de cometer um erro e sair da pista na última volta.

"P2, provavelmente mesmo com o assoalho como estava", disse o piloto da Aston Martin. "Porque na volta do Q3 eu estava chegando a 12s7 até a curva 10. Então, novamente, eu corri para a parte úmida na curva 10 do lado de fora, então, quando vi que 12s7 é P2 e P3, fiquei surpreso. É por isso que estou otimista para amanhã, porque o carro parece ter muito ritmo."

O erro fez com que Alonso tivesse que se contentar com o nono lugar no grid para sua corrida em casa.

"O Q1 provavelmente comprometeu tudo hoje, eu cometi um erro", disse Alonso. "Acho que entrei na parte úmida do circuito, na última curva, porque perdi o carro e isso custou muito caro, porque a brita destrói completamente o assoalho. Sim, dói ainda mais porque era a volta."

"Eu não estava nem pressionando, não era uma volta rápida, era a volta de saída. Então, estou decepcionado com meu desempenho hoje, espero que eu possa fazer melhor no domingo."

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Perguntado pelo Motorsport.com se ele sentia uma perda de downforce, ele disse: "O carro estava se movendo de forma estranha em algumas curvas, mas nunca se sabe se é apenas o vento ou apenas as condições da pista."

"Foi uma classificação estranha ver [Charles] Leclerc fora do Q1, [Sergio] Pérez e [George] Russell fora do Q2. Nós também estávamos com dificuldades. Foi complicado para todos, mas, no meu caso, foi apenas um erro meu na volta da Q1, o que compromete tudo."

"Mas a corrida é amanhã, o carro ainda está competitivo, mesmo com alguns danos no assoalho. Portanto, se colocarmos tudo em ordem para amanhã, ainda estou otimista de que podemos marcar muitos pontos."

Ele acrescentou: "Eu diria que os cinco primeiros, os seis primeiros são possíveis a partir do P9. Percebi que Checo está largando lá atrás, então é como largar em P10, não em P9, porque ele vai passar muito rápido e, a partir daí, precisamos recuperar quatro ou cinco posições. Vai ser complicado, mas vamos dar o nosso melhor."

Aston-Honda na F1 2026: Detalhes, impacto para RBR/Mercedes e o fator Alonso

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #232 - É o 'fim da linha' para o GP de Mônaco na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Russell esclarece que toque com Hamilton aconteceu por falta de comunicação
Próximo artigo F1: Gasly é punido em seis posições e cai de P4 para P10 no grid do GP da Espanha

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil