F1: Apesar de vantagem no México e Brasil, Red Bull se preocupa com acerto da Mercedes

Helmut Marko, conselheiro da equipe austríaca, não acha que próximas corridas serão fáceis, mesmo com favoritismo, e quer extrair o máximo do carro

F1: Apesar de vantagem no México e Brasil, Red Bull se preocupa com acerto da Mercedes
Carregar reprodutor de áudio

Helmut Marko, conselheiro da Red Bull na Fórmula 1, tem preocupações sobre como a Mercedes pode acertar o carro rapidamente nas próximas duas corridas da temporada - México e Brasil - que historicamente favorecem a equipe austríaca.

Segundo ele, as provas na América Latina de fato são mais adequadas para a escuderia, mas isso não garante vida fácil e o time ainda precisa extrair o máximo que pode de seu pacote, como foi no GP dos Estados Unidos.

Leia também:

"As próximas duas corridas, no México e em São Paulo, normalmente são mais adequadas para nós do que para a Mercedes, por causa da altitude", relembrou Marko em entrevista à mídia alemã Sport1.de. "No entanto, não podemos confiar nisso, temos que fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para tirar o máximo proveito do pacote, assim como em Austin."

"Se conseguirmos isso, estarei feliz. A Mercedes pode fazer o carro funcionar mais rápido em termos de configuração, e para nós é um pouco mais demorado. Se Max [Verstappen] vencer as próximas duas corridas, teremos dado um grande passo em direção ao título."

O holandês lidera o campeonato de pilotos com 12 pontos de vantagem sobre Lewis Hamilton, seu rival em 2021. No mundial de construtores, a Red Bull ocupa a segunda colocação com 437,5 tentos, 23 atrás da montadora alemã.

F1 2021: RED BULL se dando bem no MÉXICO e BRASIL? Entenda por que ALTITUDE ajuda time de Verstappen

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #142 – Verstappen e Hamilton vão bater como Senna e Prost?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Organizar corrida de F1 é como um show do Coldplay, diz promotor do GP do México
Artigo anterior

Organizar corrida de F1 é como um show do Coldplay, diz promotor do GP do México

Próximo artigo

ANÁLISE: Entenda como Mercedes e Red Bull divergem nas soluções para os dutos de freio

ANÁLISE: Entenda como Mercedes e Red Bull divergem nas soluções para os dutos de freio